Jornal Espaço Aberto

Página Inicial

Colunas Online » Desatando Nós

Joana D’Arc lança projeto de assistência jurídica em Praia Grande

Voltar para listagem de colunas Inserida em: 08/02/2012 Colunista: Alexandre Martins Joca

O Instituto Joana D’Arc  (Guarujá) lançará na sexta-feira (10) às 15h,  o Projeto “Do acolhedor ao Acolhido”, em Praia Grande. O objetivo é fortalecer e garantir as ações de promoção e defesa dos direitos humanos relacionados à epidemia de HIV/AIDS. O público-alvo prioritário é de pessoas vivendo com HIV/AIDS e seus familiares, assim como a população LGBT (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais), moradores da Costa da Mata Atlântica.

O projeto é uma iniciativa do Instituto, com apoio do Ministério da Saúde e da Unesco e neste primeiro momento, dando início a parte prática do projeto será realizado o seminário “Caminhos e desafios em Direitos Humanos na luta contra a AIDS e Hepatites Virais na Costa da Mata Atlântica”.

O projeto será desenvolvido em dois locais voltados ao atendimento presencial: em Guarujá, na sede do Instituto Joana D’Arc (Rua das Cravinas, 327, Jardim Primavera) e em Praia Grande, na APIS (Associação de Promoção e Incentivo a Saúde), na Rua Antônio Severiano de Andrade e Silva, nº 168, bairro da Aviação.
Ainda, será disponibilizado aconselhamento online, através do site da entidade.

José Ricardo Gonçalves, diretor do Joana D’Arc,  ao falar sobre a importância do projeto disse que “levando em consideração a importância tanto epidemiológica como social da região, este projeto vem para contribuir na discussão sobre Direitos Humanos, que são violados para a população HIV e negados para a população LGBT”.

O evento, com participação aberta a toda a população, conta com o financiamento do Departamento Nacional de DST/AIDS e Hepatites e parceria com a APIS, o Grupo de Vigilância Epidemiológico 25 da Baixada Santista (GVE-25) e Coordenações Municipais de DST/AIDS e Hepatites da Costa da Mata Atlântica.