Jornal Espaço Aberto

Página Inicial

Colunas Online » Desatando Nós

Transexuais baianos concluem curso profissionalizante

Voltar para listagem de colunas Inserida em: 03/09/2013 Colunista: Alexandre Martins Joca

Transexuais baianos concluem curso profissionalizante

Esta terça-feira (03) ficará marcada não apenas para os 29 formandos do curso de auxiliar de administrativo, mas para todos os transexuais da Bahia.

 O curso promovido pelo núcleo LGBT (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transgêneros) da Secretaria de Justiça e Direitos Humanos do Estado da Bahia, com duração de 2 meses, foi coordenado por Paulette Furacão, a primeira transexual a ocupar um cargo na esfera estadual do governo baiano.

Muito mais que as aulas de direito e cidadania, o primeiro curso voltado para transexuais, foi uma oportunidade de inserção no mercado de trabalho para os 29 participantes. Capacitados, os formandos esperam não apenas o reconhecimento no mercado, mas principalmente respeito.

A coordenadora do curso, Paulette Fura cão, cujo nome civil é Paulo César dos Santos, assumiu o cargo no ano passado, marcando um capítulo inédito na Bahia, falou sobre a importância desse curso que representa uma nova etapa na vida dos formandos, e o começo do rompimento do preconceito no mercado de trabalho.

 “Esse curso ficará marcado na história da Bahia como o início de um novo olhar para a questão LGBT. Essa foi só a primeira turma, e as inscrições para a segunda, iniciada na semana passada já não tem mais vagas. Isso demonstra o interesse no crescimento e na autoestima, do grupo, passo importante para a conquista do respeito através do conhecimento e do trabalho. Somos cidadãs capazes e prontas para os desafios do mercado de trabalho. O preconceito não vai nos impedir de construímos nossas carreiras” disse uma emocionada Paulette.

A solenidade de formatura aconteceu no auditório da Secretaria de Justiça e dos Direitos Humanos do Estado da Bahia. (Texto: Marcinha Heliodora. Foto: Genilson Coutinho)