Jornal Espaço Aberto

Página Inicial

Colunas Impressas » Horóscopo

Signo do Mês – LIBRA

Voltar para listagem de colunas Inserida em: 23/09/2013 Colunista: Silvia Helena Francisco

 Nesse momento  comemoramos a entrada do sol no signo de Libra, a balança, regido por Vênus,e também a entrada do equinócio de Outono no Hemisfério Norte e da Primavera no nosso Hemisfério. Estamos agora no sétimo signo, que era o mês no mais antigo calendário romano e na astrologia, e o momento que nos preparamos para buscar o amor, o encontro, o desafio. Completo que está o primeiro ciclo da experiência humana, surge agora a Balança, signo de relação e equilíbrio. A sua temática, aparentemente ligeira e harmoniosa é, talvez, das mais sutis e complexas: a Balança representa o ponto de equilíbrio entre a perspectiva pessoal e a perspectiva relacional - o Eu perante o Outro.

Balança, segundo signo de Ar, está ligada (tal como Gêmeos) à comunicação e à relativização. Contudo a comunicação rápida e a atenção "saltitante" de Gêmeos dá agora lugar a uma ponderação diplomática e à atenção ao outro. O Modo Cardinal confere uma boa dose de assertividade.

Balança representa a passagem da esfera pessoal à esfera relacional. O eu, que já vivenciou um vasto leque de experiências, procura agora definir-se em relação ao outro (parceiro) e aos outros (meio social). Esta busca de parceria traduz-se, na maior parte dos casos, por uma capacidade de "funcionar" com naturalidade e elegância nos meios mais diversos, aptidão espontânea para negociar situações de forma diplomática e um grande sentido estético.

Como a afirmação pessoal cede facilmente lugar à relação, pode haver alguma dificuldade com o conceito de independência (só existe em relação a alguém). O excesso de energia em Balança pode assumir formas um tanto contraditórias. Por um lado, há grande indecisão nas escolhas pessoais, o que leva à dependência da aprovação e da iniciativa dos outros. Por outro lado, podem surgir inesperados "picos" de assertividade, em que se tomam súbitas decisões, seguidas de esforços ativos para levar os outros a apoiar e acompanhar essas escolhas.

Se este signo estiver bloqueado num mapa natal, a capacidade negociar situações e de entrar em sintonia com os outros está debilitada. O mesmo pode acontecer com o sentido estético e a capacidade de se sentir à vontade em diferentes meios sociais.

Vênus, o planeta regente de Balança, rege também o Touro. Em Balança, a valorização, empatia, e sensibilidade estética de Vênus manifestam-se mais no plano das idéias e conceitos do que no mundo dos sentidos (como acontece em Touro).