Jornal Espaço Aberto

Página Inicial

Colunas Impressas » Desabafo do Samba

Cubatão elegeu a corte carnavalesca

Voltar para listagem de colunas Inserida em: 23/02/2014 Colunista: Toninho Madrugada

Cubatão elegeu a corte carnavalesca

A noite deste sábado (220, na Arena Santa Rosa, em Cubatão foi intensa, com uma maratona de seis horas de muito samba, aplausos, gritos de torcidas e lágrimas para a escolha da Corte do Carnaval 2014. Ao final, foram coroados rei momo, Willian Gordão (Independência); rainha do carnaval, Helenizze Procópio; e rainha gay, Rháiza Moreno (ambas da Nações Unidas).

A festa começou pouco depois das 18 horas com a escolha do rei momo. Disputando o título e o prêmio de R$ 4 mil, Willian Gordo e Wilson Billidyn (Nações Unidas). O samba no pé e o sorriso cativante de Willian Gordo conquistaram a comissão julgadora formada pelos coreógrafos Jessé Ambrósio, Silvia Maria, Jeferson Dias e Tatiana Carvalho Silva, além da ex-rainha do carnaval, Lana Louzada; do maestro Alexandre Felipe Gomes e do deputado estadual Protógenes Queiroz. Os sambistas José Carlos dos Santos (Escola Independência) foi escolhido como o melhor passista, e João Santana, o Zinho, também da Independência conquistou o título de cidadão samba. Receberam o prêmio em dinheiro de R$ 3 mil cada.

Rainha - Um dos momentos mais esperados, a escolha da rainha do carnaval, levou as torcidas à loucura. Seis candidatas se apresentaram com fantasias luxuosas e muito samba no pé: Helenizze Procópio (Nações Unidas) perdeu sete pontos por infração ao regulamento mesmo assim, foi a grande vencedora, recebendo  a coroa de Rainha do Carnaval 2014 de Cubatão. Primeira e segundo lugares ficaram para as princesas, Andressa Telles e Lezir Ferreira, ambas da ‘Independência’. As moças receberam prêmios de R$ 6 mil: R$ 3 mil para a rainha: R$ 2 mil e R$ 1 mil para a primeira e segunda princesas.

Rainha gay – O grande público foi ao delírio com a última eleição da noite que reuniu nove candidatas a rainha e princesas gays do Carnaval. O título e o prêmio de R$ 3 mil ficaram para Rháiza Moreno. Com a diferença de apenas dois pontos, em segundo lugar, Letícia Frazão recebeu o título de primeira princesa (R$ 2 mil); e em terceiro lugar, Mirela Souza  Samantha Diór, segunda princesa (R$ 1 mil).Todas da Escola de Samba Nações Unidas.

A festa foi realizada ao som da bateria Explosão, da escola de Samba Independência e contou também com apresentação das baterias das escolas Unidos do Morro e Nações Unidas. (Foto: Allan Nóbrega). Na noite do samba, sem qualquer habilidade para o rítimo que contagiou os presentes, o deputado federal Protógenes de Querioz esteve muito compenetrado na eleição da Corte. (Foto: Allan Nóbrega/PMC)