Jornal Espaço Aberto

Página Inicial

Colunas Impressas » De Olho na Política

São Carlos recebe novo congresso do Icacesp

Voltar para listagem de colunas Inserida em: 05/03/2014 Colunista: Carlos Pinto

“A arte não deve habitar

corações medrosos.”

(Plínio Marcos)

 

Enquanto nossos membros do Supremo Tribunal Federal (STF) deitam e rolam com suas absolvições para lá de estranhas, a verdade é que a vida continua.

Quando o poeta russo Yeugeny Yevtuchenko, em sua preciosa “Autobiografia Precoce”, coloca que deveria haver uma única fronteira entre países no planeta, separando a nação internacional dos homens bons, da nação internacional dos homens maus, poucos entenderam o real significado.

Para muitos soou como um maniqueísmo. Ocorre que as coisas estão se acelerando de tal forma no mundo, pela falta de estadistas de porte e de vontade de solucionar os problemas da humanidade, que torna-se necessário entender o alcance das palavras do poeta, antes que seja tarde.

Mas como a vida continua, no próximo final de semana os membros do Instituto Cultural de Artes Cênicas do Estado de São Paulo – ICACESP, estarão reunidos no seu 39º. Congresso Estadual. Na pauta a discussão da caótica situação da produção cultural em São Paulo, a falta de projetos e incentivos que atendam as reais necessidades dos produtores culturais, principalmente do interior do Estado.

Entre os assuntos a serem discutidos, está a situação pré-falimentar do FIT – Festival Internacional de Teatro de São José do Rio Preto, que por força de uma política errônea por parte da administração municipal daquela cidade, acaba de perder o patrocínio do SESC. E sem esse patrocínio será muito difícil a realização do evento, que inclusive já teve suas datas transferidas. Por outro lado, Humberto Sinibaldi Neto, um dos fundadores do FIT, falará sobre esse assunto e, a continuidade do Festival de Teatro de Ibirá, também criado por ele e que vai ter continuidade neste exercício.

Ouviremos também o Secretário de Cultura de Presidente Prudente, que discorrerá sobre a realização de mais uma edição do FENTERPP – Festival Nacional de Teatro de Presidente Prudente, e também, sobre a inauguração do Teatro Paulo Roberto Lisboa, uma justa homenagem a um dirigente da Federação de Teatro Amador sediada naquele município. Os companheiros de São Carlos - Getúlio Alho, Ângelo Bonicelli e Ney Vilela - farão suas colocações sobre o recém criado Festival Nacional de Teatro de São Carlos, cuja continuidade está correndo riscos.

Amauri Alves, Secretário de Cultura de São Vicente vai falar sobre as atividades que vem desenvolvendo na Célula Mater da Nacionalidade, e dos desafios que enfrenta diariamente para levar a bom termo suas atividades. Sobre o Festival de Teatro de Estudantes de Santos e a Barca da Cultura, falarão os representantes de Santos, eventos que deixaram de ser realizados no exercício passado.

O 39º. Congresso terá representantes das seguintes cidades: Santos, São Vicente, Guarujá, Santo André, São Bernardo, Capital, Sorocaba, Embu, Presidente Prudente, Descalvado, São Carlos, São José do Rio Preto, Ribeirão Preto, Franca, entre outras. Nem bem os tamborins guardam seus sons, e lá vamos nós discutir a situação da cultura paulista, quase que abandonada pelos nossos governantes.