Jornal Espaço Aberto

Página Inicial

Colunas Online » A Toca

Hora da anta beber água

Voltar para listagem de colunas Inserida em: 23/10/2014 Colunista: Erre

 

ATÉ PARECE PLEBISCITO: O DINHEIRO DURA MAIS 4 ANOS ?

***

O da Petrobrás não dura. Vai ter que extrair mais do preço da gasolina.

***

O da energia elétrica, que a Comandanta tinha “reduzido” e ainda prometeu devolver -- lembram? – já está começando a ser tungado.

***

E se der mudança para a mesma coisa, a delação vai premiar com cargos onde?

***

Acordo na Justiça Eleitoral estabelece que as duas coligações retiram as ofensas da propaganda. Mas se ficarem só as verdades piora muito!

***

Dilma elogiando o Aécio na propaganda... Isso é que é queimar o filme do cara!

***

Em resumo, parece que vamos apurar apenas de que lado da bolsa o eleitor está: do que paga ou do que recebe.

***

É mais ou menos claro que há dois grandes equívocos: de um lado é achar que o País piorou, quando melhorou; do outro lado é achar que foi graças ao governo, que nem sabe direito porque isso aconteceu...

***

Quando Dilma sobe em alguma pesquisa o dólar sobe junto. Vai ver que isso é um efeito colateral da delação premiada: os dólares dos ladrões passam a valer mais!

***

E foi só o pré-sal. Imaginem quando chegar na salmoura!

***

Dunga chama para amistosos da seleção só jogadores que atuam no exterior, com novidades até da Rússia e da Turquia. Guenta, Zizao, que tua hora chega!

***

Se é para não atrapalhar os times que disputam o Brasileiro poderia ter convocado Luiz Fabiano e Leandro Damião.

***

Além de não prejudicar os times que disputam o Brasileiro, essa tática tem outra vantagem: esconde o futebolzinho que estamos jogando aqui...

***

OAB do Distrito Federal acabou concordando que Brabosão tem direito a advogar e emitiu a carteirinha. Tomara que a idoneidade dele seja contagiosa.

***

Desculpe a pressa (sim, sei, se é por falta de “até logo” posso ir caindo fora de uma vez, né?), o autor está enrolado em prendas domésticas... E não, ainda não é arrumando as malas... A chance é igual para todos no empate técnico. Às urnas!

***

HASTA LA VISTA, MANOS!

A Toca- Ano I DCDirceu na Cadeia)**

 

(**) Ainda?...

 (*) Erre & Alzha não viram nada, não sabem de nada, não sentiram o cheiro de nada!

Erre(*) é jornalista, bosquímano na era da civilização eletrônica, pensou que zap-zap era aquela outra coisa, só que mais depressa, escafandrista de poça d’água vive chovendo no molhado, ingênuo a ponto da quase-burrice-total acreditava na honestidade deles, (!), “pode isso, Arnaldo?”, caiu na real e por sorte no real, em que eles eram contra só de mentirinha, porque, na verdade, como gostam, como chafurdam, como petroleiam!