Jornal Espaço Aberto

Página Inicial

Colunas Online » A Toca

Charlie da Trouxolândia

Voltar para listagem de colunas Inserida em: 09/01/2015 Colunista: Erre

“DO COFRE DO ADEMAR AOS COFRES DA PETROBRÁS: COMO EVAPORAR FORTUNAS!”

***

Belo título para um livro – manual de instruções? – de memórias de DilMagda & tropa.

***

Tropa de assalto, você pensou?... Ô cabecinha ruim a sua...

***

Que carreira!...

***

O ESTILO ELEGANTE DA COMANDANTA DILMAGDA, AO ESTAGIÁRIO DE PLANTÃO NO MISTÉRIO DO PLANEJAUMENTO, ANTES DE 24 HORAS DA POSSE: “AQUI QUEM LATE SOU EU, VOCÊ MIA!”

***

E lá vai o cara miar na imprensa, digo, se desdizer na TV...

***

Não podia ser mais significativo.

***

Malvadeza dos humoristas e críticos de moda, dizer que o vestido rendado parecia capinha de botijão de gás. Lá em casa era cortininha de plástico de sapateira da área de serviço.

***

Enquanto isso, assume um Joaquim do lado deles... Não se fazem mais Joaquins como antigamente...

***

E no Mentistério do Ex-porte um pastor que confessa não entender nada de esporte, mas que com certeza vai incentivar o arremesso de dízimo à distância!

***

E tornar esse esporte universal

***

Esse, pelo menos, se tratar os esportistas como os outros trataram – um rebanho de ovelhas a serem tosquiadas --, não vai surpreender ninguém.

***

PICARETAGEM DO MOMENTO NA TROUXOLÂNDIA: O EXTINTOR A B C !

***

Tem cara de ser o primeiro grande projeto do governo no “Ano Educador’:  começa com o A B C do extintor!

***

Isso é que é cartão de visita de intelectual!

***

E vocês sabem a razão dessa importantíssima exigência?  Vocês por acaso têm uma ideia de quantos carros (esse troço só vale prá carros, né?) se incendiaram por falta do tal componente do “A” nos extintores que só tinham “B e C” ?  Vocês sabem qual foi esse número? Vocês sabem qual o significado desse número na frota brasileira de milhões de automóveis? Não sabem? Bem, então empatou. Se alguém por acaso souber, favor informar às ilustrérrimas autoridades que exigiram isso, porque essas é que não sabem *&#@**  nenhuma disso!

***

“Ano Educador”, é isso ? Sacaneando o Lula logo de cara?...

***

E viva a Trouxolância: você paga 5, 10, 20 megas “mega” o quê? As provedoras nunca dizem se são bites ou bytes) pela Internet e só recebe 1, 2 – com a concordância das Ôtoridades!

***

1, 2 – com sorte, talvez um pouco mais – caso a sua região não esteja sobrecarregada, não esteja chovendo, não esteja ventando, não esteja fazendo calor, não esteja fazendo frio, não esteja nevando no Alasca, não haja escuro, não esteja ocorrendo uma revoada de mosquitos da dengue, não estejam doendo os calos do seu avô...  né?...

***

E o sistema não esteja com problemas...

***

DEPOIS DA ESTUPIDEZ DE BOSTON, A ESTUPIDEZ EM PARIS.

A ESTUPIDEZ NÃO TEM FRONTEIRAS.

O FANATISMO NÃO TEM CONSCIÊNCIA.

PODE NEM TER CÉU. MAS BEM QUE MERECE TER INFERNO.

A Toca - Ano I DCDirceu em Casa, mas magnatas da corrupção em cana, um monte de ladrões iniciando a Maratona para o Xilindró! Já vão tarde, pilantras!)

 

 

(*) Erre & Alzha, wolinskinianos já saudosos.

Erre(*) é jornalista, cidadão natural desta imensa Trouxolândia, por precaução já vai avisando que sempre, desde a juventude, foi admirador de Allah, cantando a plenos pulmões os versos (acho que) de Haroldo Lobo e Nássara (caramba, que perigo: esse também era cartunista!), Allalah ô ô ô ô ô, mas que calor ô ô ô ô, principalmente quando fazia mal o mé que tomava nos carnás, e continuava “Allah, Allah, Allah meu bom Allah, mande água prá ioiô, mande água prá iaiá, Allah, meu bom Allah”, prá completar essa besteira, manda água prá Cantareira...