Jornal Espaço Aberto

Página Inicial

Colunas Impressas » Desabafo do Samba

Começou o Reinado de Momo

Voltar para listagem de colunas Inserida em: 31/01/2015 Colunista: Toninho Madrugada

Começou o Reinado de Momo

Ele ainda não deu sinal de vida, mas “Desabafo do Samba” não resiste ao chamado do tamborim, do pandeiro, ao choro da cuíca, especialmente ao samba no pé da passista, e enquanto o titular da coluna, lorde Toninho Madrugada continua, ainda, em seu retiro, participamos dos primeiros dias do Reinado de Momo, cuja programação em Santos, foi lançada com festa na quinta-feira (29) no Teatro Coliseu.

Comandou o evento, a Corte Carnavalesca 2015 formada pelo Rei Momo João Paulo Rivera, a Rainha Juliana Batista Pereira Santos, da Real Mocidade Santista, a princesa  Danielle de Lima Santana, representante da Unidos dos Morros, e casal de Cidadão e Cidadã-Samba, Dukinha da Ladeira e Soraya Santos. Desfilando com a Corte Carnavalesca, os Embaixadores do Samba’ Vado da Cuíca e Cida da Real, ao casal de Cidadão e Cidadã-Samba de 2014.

Entre os presentes à solenidade realizada no Coliseu, representantes das 17 Escolas de Samba que desfilarão nos dias 14, 15 e 16 de fevereiro na Passarela do Samba Dráusio da Cruz e representantes das 62 bandas que já desfilam pelas ruas de Cidade, membros da Liga Independente Cultural das Escolas de Samba de Santos (Licess) e do Conselho do Samba.

O carnaval de Santos em 2015 contará com a participação de 17 escolas de samba na passarela Dráusio da Cruz. "A ideia é colocar oito agremiações no grupo especial. cinco no acesso e duas pleiteantes. Iam descer três e subir uma. Houve um acordo e no próximo ano vâo cair duas e subir uma e, em 2017, duas e uma, e ficaria com oito agremiações no primeiro grupo, cinco no segundo e as duas últimas do grupo de acesso", expicou o Aldinho, presidente da Liga das Escolas de Samba de Santos.

Os representantes das agremiações se reuniram no Centro Cultural da Zona Noroeste, onde aconteceu a definição da ordem dos desfiles. Cada dirigente escolheu quando as suas escolas vão entrar na avenida. A Unidos dos Morros, atual campeã, foi a primeira a realizar a escolha.

A partir da quinta colocada, cada escola, obedecendo à ordem de classificação do último carnaval, escolheu o dia e o horário de sua apresentação, respeitando o limite de cinco agremiações por noite de desfile do grupo especial.

A Unidos da Baixada e Mãos Entrelaçadas vão desfilar pela primeira vez e concorrem a uma vaga entre as escolas oficiais. As escolas terão suas performances julgadas, mas sem direito de ascender ao grupo especial por dois anos e sem o auxílio de verba municipal.

O grupo de acesso já tinha sido definido. As escolas desfilam na avenida no sábado de carnaval na seguinte ordem: Camisa Alvinegra, Dragões do Castelo, Unidos da Zona Noroeste, Império da Vila e Mocidade Dependente do Samba.

Ordem dos desfiles das escolas de samba

Sábado (14)

- desfilam duas escolas pleiteantes e cinco agremiações do Grupo de Acesso -
Camisa Alvinegra
Dragões do Castelo
Zona Noroeste
Império da Vila
Dependente do Samba

Domingo (15)

 - primeiro dia das escolas do Grupo Especial -
Bandeirantes do Saboó
 (campeã do Grupo de Acesso em 2014),

Real Mocidade
Amazonense
União Imperial
Padre Paulo

Segunda-feira (16)

- também do Grupo Especial -
Vila Mathias
Sangue Jovem
Unidos dos Morros
Brasil
X-9

(Foto: Raimundo Rosa/PMS)