Jornal Espaço Aberto

Página Inicial

Colunas Impressas » Desabafo do Samba

Escolas do Primeiro Grupo abrem evento na Passarela do Samba João Apolônio

Voltar para listagem de colunas Inserida em: 16/02/2015 Colunista: Toninho Madrugada

Escolas do Primeiro Grupo abrem evento na Passarela do Samba João Apolônio

 

Apesar da chuva, o desfile oficial do Carnaval da Família de Praia Grande 2015  promete grande público e muita animação. Com  entrada gratuita e expectativa de 30.000 visitantes, os desfiles realizados em dois dias, mostrarão a garra dos integrantes de 14 escolas de samba da Cidade.

 Nesta primeira noite de festa, abrindo a passarela João Apolônio, às 19h, a corte carnavalesca formada pelo Rei Momo Diego Damião de Toledo, pela Rainha Flavia Cristine da Silva Marcelino, Princesa Léia de Oliveira Santos, Musa Ana Cristina Angelo de Andrade, Cidadã Samba Joana D’arc, e Cidadão Samba Marcos Feliciano, seguida do Movimento Social e Cultural de Matrizes Africanas Afoxé Laroye Brasil prepara uma homenagem a orixá Oxum. Seguindo a tradição carnavalesca, com o objetivo de abençoar o evento, o Afoxé trará mães de santo e outras lideranças religiosas que darão banho de água de cheiro, incenso e flores na Passarela do Samba João Apolônio.

Desfilam nesta primeira noite: Grêmio Recreativo Cultural e Escola de Samba (G.R.C.E.S.) Mocidade Independente Star , com o enredo O Cassino do Chacrinha. A segunda a desfilar, é a Cristal de Praia Grande  que traz para a avenida toda a força das lendas africanas. Explorando o enredo Oxóssi ou Odé ? Lendas do Rei de Ketu.

Para espantar o preconceito, o G.R.C.E.S. Guaratude  a terceira escola a desfilar, marca a sua passagem pela avenida unindo ao ritmo a letra que fala de respeito à diversidade com o enredo Respeite o diferente porque o diferente é seu igual.  Na sequência, o G.R.C.E.S. Acadêmicos de Praia Grande, também com desfile repleto de elementos ligados às raízes afro-brasileiras canta para afastar o olho gordo da Passarela do Samba João Apolônio. O enredo, Ajoelhou, Tem Que Rezar. Quem não pode com mandinga, Não carrega patuá.

Retornando aos tempos das Cruzadas, o G.R.C.E.S. Amigos do Samba contará na avenida a história das batalhas travadas em busca da chamada terra santa, a Palestina, mostrando o enredo Cruzada... O despertar... A espera de um novo amanhecer. Na batida do tambor, mais uma agremiação saúda os orixás. O G.R.C.E.S. Unidos da Ocian, sexta escola a desfilar nesta segunda-feira, saúda o rei da cidade Oyo, na África, o orixá Xangô, com o enredo Nesta Noite de Alegria, Vamos Todos Festejar, Hoje Nesta Avenida Xangô Quero Homenagear!!!

Nas primeiras horas de terça-feira (17), entrará na avenida, encerrando o desfile do Primeiro Grupo este ano, o G.R.C.E.S. Acadêmicos da Ilha do Caieiras convidando o público  para desvendar os segredos do grandioso e fascinante satélite natural, a lua. O enredo A Força, Crenças e Lendas da Misteriosa Lua.

E na terça-feira de Carnaval, a partir das 21h, a Passarela do Samba João Apolônio no Complexo Esportivo e Cultural Leopoldo Estásio Vanderlinde, ao lado do Terminal Rodoviário Tude Bastos, no bairro Sítio do Campo, recebe as escolas do Grupo Especial, na seguinte ordem:
Das 21h às 21h50 – G.R.C.E.S. Favoritos do Forte;
Das 22h às 22h50 – G.R.C.E.S. Império de Praia Grande;
Das 23h às 23h50 – G.R.C.E.S. Casa do Mestiço;
Da meia-noite às 00h50 – G.R.E.S. Folia 99 FM;
Das 01h às 01h50 – G.R.C.E.S. Mancha Verde-Baixada;
Das 02h às 02h50 – G.R.S.C.E.S. Unidos da Vila do Sapo;
Das 03h às 03h50 – G.R.E.S. João Apolônio CESAC-Forte.

(Foto:Divulgação)