Jornal Espaço Aberto

Página Inicial

Colunas Impressas » Horóscopo

Signo do mês – Virgem

Voltar para listagem de colunas Inserida em: 24/08/2015 Colunista: Silvia Helena Francisco

Nesse domingo, 23 de agosto, o sol entrou no signo de Virgem, sexto signo do zodíaco, que a exemplo de Touro e Capricórnio pertence a triplicidade do signo de terra.  Saímos da luminosidade e dos holofotes de Leão, para adentrar a seletividade e cuidar da nossa saúde física, emocional e mental, e  também  de um trabalho que nos faça sentir úteis.

Essa  energia virginiana nos faz preocupar com a simplicidade de ser no meio de outras pessoas, por isso estaremos em busca de  paz. Paz que se traduz em desapego, olhando nossos armários, gavetas e ver o que não nos serve mais e doar, desapegar. Fazendo esse exercício, estaremos também melhorando o nosso lado emocional, por isso vamos abrir nossas caixinhas internas e sentimentos que não nos serve.

Vamos deixar a ansiedade de lado.

Devemos ter cautela com a nossa verbalização critica nesse período,  não fiquemos aborrecidos se algo não sair como queremos, nem brigar com alguém por que chegou atrasado, podemos sorrir e dizer: “Você chegou cedo, hem...”

No amor, um conselho, principalmente  para os nascidos nesse signo, e para todos nós que vamos passar pela sua energia:  procurar relaxar um pouco, respirar, ver as coisas simples da natureza, assim  tudo será mais fácil,  esqueça um pouco a  racionalidade  e se permita sonhar.

Vamos nos reservar um  momento de tranquilidade todos os dias, relaxar e buscar a nossa paz espiritual; com isso a  clareza da visão virá com mais facilidade. Como estamos no momento de limpeza interna e externa, vamos ter a oportunidade de compreender onde está o nó, a dificuldade, a dor, e quando compreendermos ela (a dificuldade) deixará de existir.

Conselho: Imprevistos acontecem e vamos procurar dar risada diante de alguma situação mais difícil. Vamos viver a simplicidade de ser.

Temos a consciência que a felicidade se dá com momentos muito simples, e lógico que queremos ser felizes. Como? Fazendo do nosso cotidiano o melhor lugar do mundo.