Jornal Espaço Aberto

Página Inicial

Colunas Impressas » Desabafo do Samba

Em Santos, ‘Grande Rio’ ensina economia aos sambistas

Voltar para listagem de colunas Inserida em: 12/09/2015 Colunista: Toninho Madrugada

Estreitando os laços de amizade com os sambistas santistas, o Grêmio Recreativo Escola de Samba Acadêmico do Grande Rio por meio de seus integrantes, estará em Santos neste sábado (12), para ministrar workshop sobre independência de agremiações do gênero.

 

O diretor de Carnaval da escola carioca, Ricardo Fernandes, e o carnavalesco da agremiação, Fábio Costa, ministram o workshop que acontece a partir das 11h, no auditório do Museu da Imagem e do Som (Miss), no piso térreo do Centro de Cultura Patrícia Galvão (Av. Pinheiro Machado, 48, Vila Mathias).

 

Com entrada franca, o evento que integra a programação do evento Setembro Criativo, enfoca diversos temas relacionados ao funcionamento de uma escola de samba, entre eles, economia criativa do carnaval, cadeia produtiva, processo criativo e reaproveitamento de materiais. Aberto ao público, especialmente aos sambistas, o workshop disponibilizará apenas 52 vagas.        

 

Homenagem – Tão logo terminou o Carnaval 2015, a Acadêmicos do Grande Rio, assim como as demais agremiações cariocas já começou a pensar no próximo reinado de Momo e a partir de então, a partir de idas e vindas de lá (Grande Rio), e de cá (administração e empresários santistas), a cidade de Santos se tornou a bola da vez na roda de conversa de bambas e de bambambãs, da terceira classificada deste ano na Marquês de Sapucaí.

 

Sem qualquer custo para o município, segundo o prefeito santista Paulo Alexandre Barbosa (PSDB), a escola de Duque de Caxias levará para o sambódromo no próximo Carnaval o tema “Fui no Itororó beber água, não achei. Mas achei a bela Santos, e por ela me apaixonei”. O enredo é baseado na lenda da Fonte do Itororó, localizada no sopé do Monte Serrat, no Centro Histórico, e na diversidade cultural da Cidade. Quanto ao patrocínio, o prefeito já informou que vem da parte de empresários, não revelando, naturalmente, os nomes.

 

Não se sabe se os empresários que estão financiando a homenagem da Grande Rio à cidade de Santos serão responsáveis pelo ‘cruzeiro da folia’ que levará cerca de mil santistas para engrossar as alas da escola e também alguns degraus das arquibancadas do Sambódromo.

 

Antecipado – Por conta da homenagem da ‘Grande Rio’, os desfiles das escolas de samba em Santos, na Passarela do Samba Dráusio da Cruz, na Zona Noroeste, foram antecipados para janeiro, dias 29, 30 e 31. Assim, o carnaval santista será antecipado em mais de uma semana, com a anuência dos sambistas da cidade*, naturalmente. (Noemi Macedo)