Jornal Espaço Aberto

Página Inicial

Colunas Impressas » De Olho na Política

A vitória de Felipe Massa

Voltar para listagem de colunas Inserida em: 13/11/2016 Colunista: Carlos Pinto

A vitória de Felipe Massa

“Porque eu sou do tamanho

do que vejo, e não, do

tamanho da minha altura.”

(Fernando Pessoa)

Você não precisa ser campeão, para ser um vitorioso. Assisto as corridas de Formula 1 desde os tempos de Emerson Fittipaldi, passando por José Carlos Pace, Nelson Piquet, Rubens Barrichello e Airton Sena, além de outros brasileiros que se aventuraram nesse esporte perigoso. Uma artimanha do destino tirou de Massa, a oportunidade de ser campeão mundial em plena pista de Interlagos. E essa artimanha foi causada pelo piloto Timo Glock, que abriu passagem para Lewis Hamilton chegar em segundo lugar, e vencer o mundial por um ponto a mais que Felipe Massa.

Todos que acompanham a Formula 1, tem esse episódio vivo na memória, além da decepção sofrida pelo piloto brasileiro. Nesta última participação em uma prova em Interlagos, após sua batida e desistência da corrida, Felipe Massa recebeu uma calorosa manifestação, não apenas do público presente, mas também, de todas as equipes participantes desta prova. Vindo a pé para os boxes, pudemos observar todos os componentes dessas várias equipes, perfilados, saudando nosso piloto, em uma cena que nunca assisti em nenhuma despedida de um piloto.

Foi emocionante a referida manifestação, que representou a vitória da ética, da disciplina e do comportamento pessoal de Massa, durante toda a sua carreira. A cortesia e educação com que sempre tratou os funcionários das equipes por onde passou e, a todos os pilotos com os quais conviveu durante a sua carreira. Sua simplicidade e respeito para com a imprensa, e dono de uma vida familiar exemplar. Essa é na verdade a grande vitória deste esportista de primeira qualidade, do qual vamos sentir falta a partir do próximo ano.

Na última corrida que ocorrerá em Dubai, Felipe Massa deixa definitivamente as pistas de Formula 1. Segundo ele, se tiver oportunidades, vai disputar as provas automobilísticas que se disputam no país. E qual será a equipe de stock car, ou de qualquer outra modalidade que vai recusar um atleta dessa categoria e qualidade? A verdade é que o rendimento de Massa teve uma queda após o acidente que sofreu, que o deixou algum tempo fora das pistas. Por pouco não teve um fim trágico em função da gravidade desse acidente, causado por uma peça que se soltou do carro de Rubens Barrichello.

Interlagos proporcionou a Felipe Massa, uma despedida de grande magnitude, por demais merecida. A nós, só resta agradecer pelas alegrias que nos proporcionou, e torcer para que seu exemplo frutifique e prolifere. Nós brasileiros só temos essas alegrias através do esporte, já que os nossos políticos passam os dias elucubrando como vão ferrar o povo com novos impostos e novas maracutaias. Parabéns Felipe. Você é um vitorioso. (Foto: Divulgação)