Jornal Espaço Aberto

Página Inicial

Colunas Impressas » Horóscopo

Signo do Mês - GÊMEOS

Voltar para listagem de colunas Inserida em: 21/05/2017 Colunista: Silvia Helena Francisco

 Signo do Mês - GÊMEOS

 No último dia 20, às 17h30, o sol começou a caminhar pelo signo de Gêmeos, o terceiro signo do zodíaco. Ele rege a nossa comunicação e nossa maneira de pensar diária.

Gêmeos representa a infância, então vamos mudar de assunto com facilidade, mostrando a nossa natural mutabilidade. Gêmeos pode não ser entendido por quem o ama, pois adora a liberdade (prenda uma borboleta e ela morrerá), e não gosta de obrigações. 

Sendo de um signo duplo, a ele se adapta bem ao mito dos gêmeos Castor e Pollux, nascidos da união de Zeus que, transformado em cisne se acasalou com a mortal Leda. Eles são corajosos e valentes, mas um é humano e outro é divino. Quando um dos irmãos morre, o outro toma o seu lugar, graças a um pacto feito com Zeus, para poder se alternar com o irmão no Olimpo. 

Este mito demonstra um pouco a volatilidade do signo, e a estranha percepção do mundo que os geminianos têm, como se estivessem sempre pairando acima das coisas, lá no alto, de onde abrangem muito mais longe e registram as coisas de uma forma mais intuitiva e não necessariamente racional. Às vezes, o geminiano entra em choque com seu próprio sentido analítico, com sua mente racional, que tenta bloquear o outro lado. Daí o conflito e a mutabilidade dos humores. O conflito constante entre o intelectual e o emocional, o masculino e o feminino, o mortal e o imortal, o Olimpo e a Terra. 

Assim nos sentiremos, um pouco profanos, um pouco sublimes, um tradutor da conversa entre o Céu e a Terra. Neste período queremos nos comunicar, estamos curiosos, querendo fazer pequenas transformações, e essa dualidade, eu considero, como um pouco criança, “ ah...hoje eu quero isso, amanhã, farei outra coisa”. Então não vamos nos punir se passarmos as vezes um pouco da irresponsabilidade da criança e a racionalidade do adulto. Fazer a grande transformação, a grande alquimia é o desafio principal desse momento. 

O geminiano pode ser romântico, mas no sentido da alegria, sem nenhuma tragédia do tipo 'Romeu e Julieta'. Ele adora enviar bilhetinhos de amor, contar histórias e casos, conversar, mas talvez ele esqueça as flores de seu aniversário. Portanto com o sol nessa energia geminiana, tudo terá um colorido novo.

Vamos buscar a graça de uma borboleta e a maciez de um tecido de seda. Por isso queremos e vamos buscar a delicadeza que merecemos e a criança que quer conversar, falar, e entender o que está acontecendo... e com isso vamos entender também um pouco os geminianos que nos rodeiam...que são a representação de Peter Pan, dos contos de fadas. Vamos sair um pouco da nossa maçante realidade e viver, pelo menos um tiquinho do mundo do faz de conta......nos permitir que a nossa criança interna jamais seja adormecida...