Jornal Espaço Aberto

Página Inicial

Colunas Impressas » De Olho na Política

O que vem a ser o politicamente correto?

Voltar para listagem de colunas Inserida em: 16/11/2017 Colunista: Carlos Pinto

 

“O início da sabedoria é a

admissão da própria ignorância.

Todo o meu saber consiste em

saber que nada sei.”

(Sócrates)


De tempos em tempos aparece um modismo, que boa parte da sociedade utiliza até exaurir a paciência dos demais. No Brasil de hoje, onde muitos criticam e poucos fazem alguma coisa em favor dessa sociedade, esse modismo do politicamente correto só serve aos corruptos de plantão. Quando os pulhas que governam este país, pretendem cometer mais alguma maldade contra o povo, entra em cena a manipulação do politicamente correto.

É o caso do jornalista William Waack, a nova vítima da cretinice nacional. Apanhado em um passo em falso, ocorrido durante as eleições americanas. Li um depoimento de Gil Moura, câmera man que trabalhou por trinta anos com o William Waack. O Gil é afrodescendente, e suas colocações colocam uma pá de cal nessa estória criada dentro da Globo, por coleguinhas ávidos pelo lugar e o salário de William Waack, e para se livrarem de alguém mais competente que eles.

Me recordo de um linchamento do qual foi vitima o ex-Ministro da Saúde, Alceni Guerra, acusado de superfaturar a compra de um lote de bicicletas para o Ministério. Levado a renunciar ao cargo, sempre alegando inocência, foi por meses escrachado na imprensa por um crime, que após longa investigação, ficou provado que não tinha cometido. Com isso perdemos um excelente ministro e deputado atuante, que após este episódio recolheu-se em sua residência e nunca mais quis saber de política ou cargos públicos. Quem perdeu com isso? A sociedade desatenta aos puxões de tapetes que ocorrem na política e em qualquer cargo ou função.

O tal de politicamente correto tem produzido vítimas nas redes sociais, e contribuído com muita força para o acirramento de ódios e vinganças. O brasileiro que tem como marca principal a irreverência, e o total despojamento no trato com seus amigos e colegas, pensa hoje vinte vezes antes de emitir qualquer opinião por mais banal que seja, porque um aparecido qualquer, ao ouvi-lo, pode produzir um vídeo através do celular e jogá-lo às feras nas redes sociais.

Passando por problemas financeiros, a Globo está demitindo vários profissionais em todas as áreas, e vê neste episódio uma oportunidade de se livrar de mais um deles, sob os aplausos de muitos que criminalizam a Globo nas redes sociais. Santa incoerência. Só que profissional da qualidade do William Waack, não fica desempregado por uma semana. Já se sabe que as outras redes de televisão tentam contratá-lo, caso a Globo realmente o demita. Enquanto isso, o José de Abreu vai continuar cuspindo em todos os desafetos e a Globo não toma qualquer atitude.

Mas afinal de contas, até quando o tal de politicamente correto vai continuar produzindo cortinas de fumaça, com as quais tenta tapar os olhos da sociedade para as bandalheiras que se produzem em Brasília? Até quando vamos aguentar um governo ilegítimo, detonando os direitos da classe operária, produzindo eufemismos com relação ao percentual inflacionário, enquanto aumenta os preços da energia elétrica e dos combustíveis? E essa reforma da previdência que só visa afundar ainda mais a mão nos nossos bolsos? E a reforma trabalhista que está nos remetendo ao tempo da escravidão? Tudo isto é politicamente correto? Que respondam os linchadores de plantão.