Jornal Espaço Aberto

Página Inicial

Colunas Impressas » Horóscopo

Signo do Mês – Capricórnio

Voltar para listagem de colunas Inserida em: 22/12/2017 Colunista: Silvia Helena Francisco

Signo do Mês – Capricórnio

Ontem (quinta-feira, 21 de dezembro) o calendário padrão, não o nosso calendário zodiacal, o ano de 2017 com a entrada do décimo signo do zodíaco capricórnio, momento importante, Saturno seu regente, nos acompanhou todo esse ano e vimos como foi difícil e como no inicio falei, a responsabilidade seria chamada. Quando se trata de profissionalismo e valores tradicionais, Capricórnio é o primeiro. Capricórnio é prático e é considerado como o signo mais sério do zodíaco, possuindo uma independência que permite progressos significativos tanto no nível pessoal quanto nos negócios.

Como um signo de Terra, para um capricorniano, um mestre em autocontrole e tem o potencial para ser um grande líder ou gestor, desde que seja na esfera dos negócios.

Saturno é o planeta regente de Capricórnio, e este planeta representa restrições de todos os tipos, enfrentamos isso e vimos que algumas situações vão continuar até março o final do ano astral. A influência de Saturno faz do nascido em Capricórnio prático e responsável, que sabem como poupar dinheiro para o futuro. São mestres quando precisam provar que estão certos. As pessoas nascidas sob o signo de Capricórnio, por vezes, podem ser muito teimosas. Elas se esforçam para chegar ao topo apenas com sua experiência. As pessoas nascidas sob o signo de Capricórnio expressam seus sentimentos por meio de ações mais do que através de palavras. Elas são generosas e não hesitam em gastar muito dinheiro em uma noite fantástica. Eles são honestos, leais e cuidadosos, por isso não ache que alguém não te ame só por que não fala preste atenção nos atos de cada um.

Problemas podem ocorrer quando o capricorniano é forçado a estar muito próximo de seus associados. Ele tem dificuldade em aceitar as diferenças nos outros e, em situações assim, veem uma necessidade de controlar as pessoas ou impor seus valores tradicionalistas. Por isso devemos ter cautela para não nos exceder no preconceito, nas palavras mais ásperas.

Responsabilidade nosso momento chave, mas com respeito e cumplicidade. Viva um exemplo máximo da família e do amor!!!!!! O Natal, os símbolos da simplicidade, não pense nos presente, pense, no amor, sempre.