Jornal Espaço Aberto

Página Inicial

Colunas Impressas » De Olho na Política

Os bons e maus exemplos

Voltar para listagem de colunas Inserida em: 18/04/2018 Colunista: Carlos Pinto

 “O homem de bem exige

tudo de si próprio. O homem

medíocre espera tudo dos outros.”

 

(provérbio zen)

 

Em comentário anterior discorri sobre os brasileiros que honram a Pátria, se destacando em vários concursos e eventos ao redor do mundo. Serviu como exemplo o trabalho da pesquisadora Nádia Ayad, e seu projeto sobre a utilização do grafeno na dessalinização da água. Eis que agora, uma outra mulher brasileira, surpreende o mundo científico com sua tese de doutorado, considerada como uma das mais importantes do mundo para a história da biologia.

Thais Vasconcelos, é o nome dessa brasileira que honra a Pátria, apesar dos cortes que o governo federal realiza no campo das pesquisas cientificas, mas que não desanima nossos estudantes que seguem resistindo a essa falta de incentivo, e mesmo com tantas dificuldades conseguem construir uma história. Thais Vasconcelos é uma dessas heroínas, que realizou seu doutorado em Londres, como integrante do projeto Ciências sem Fronteiras.

Sua tese analisa a história evolutiva das plantas, em função do material genético de espécies diferentes, teve o devido reconhecimento por uma das mais respeitadas instituições, a Linnean Society, da Inglaterra. E esta premiação no campo das ciências, existe desde 1888, que agora revela o nome desta bióloga formada em ciências biológicas, com mestrado na área, dentro da Universidade de Brasília. Sua tese permite também aos demais cientistas, a compreensão das relações de parentesco entre as diferentes espécies, permitindo que se trace uma linha do tempo entre elas.

Como exemplo, seu trabalho permitiu a descoberta de que a pitangueira e o eucalipto fazem parte de uma mesma família, além de possibilitar o saber de que algumas espécies existentes na América do Sul, vivem no planeta Terra há uns 40 milhões de anos, em função da Antártida. Há um grau de parentesco entre as plantas daquela região, quando ainda não era coberta de gelo, com as existentes em nosso continente, e também em função dos fósseis na Antártida e na região da Patagônia.

Sua tese teve por nomenclatura, “Homogeneidade morfológica, heterogeneidade filogenética e complexidade sistemática em grupos ricos em espécies”. Foi publicada em um jornal científico, e recebeu diversos elogios, inclusive de seus avaliadores, que entenderam ser uma tese excepcional, ricamente ilustrada com micrografias eletrônicas de varredura, retratos florais e outros tantos detalhes, que escapam aos leitores não especializados em função de sua complexidade.

Mas existem também, diariamente, os maus exemplos, em sua grande maioria, ditados pela classe política que não se cansa de nos infernizar, em função de suas maracutaias, através das quais esculhambaram com a economia do país, jogaram no desemprego e subemprego em torno de vinte milhões de brasileiros. Esses pilantras, que passaram a se reunir em outros países para elucubrar formas de escaparem da justiça, como o fazem neste momento três senadores: Eunicio de Oliveira, Eduardo Braga e Tião Viana, que desfrutam das mordomias de um belo hotel em Dubai. E, também, determinado membro do STF, que não sai de Portugal, onde desfruta da boa e farta comida portuguesa, além de poder fiscalizar a quantas andam seus negócios em terras lusitanas.

Esses maus exemplos, é que precisamos com urgência eliminar da vida pública nacional, seja pelo voto ou pela prisão, como alguns já estão vivenciando na Papuda ou em Curitiba.