Jornal Espaço Aberto

Página Inicial

Colunas Online » Fórum

Armas não ficarão mais nos fóruns

Voltar para listagem de colunas Inserida em: 03/08/2011 Colunista: Eraldo José dos Santos

Nos próximos dias uma ação conjunta entre o Tribunal de Justiça (TJ) de São Paulo e o Governo do Estado, por intermédio da Secretaria de Segurança Pública vai possibilitar a retirada do verdadeiro arsenal de armas que está armazenado nos fóruns do Estado.

A medida foi acertada em reunião que contou com a participação do presidente do TJ, desembargador José Roberto Bedran e o governador Geraldo Alckmin. As armas serão levadas para os quarteis da Polícia Militar, onde ficarão custodiadas, enquanto houver interesse aos processos judiciais. Depois serão levadas à destruição, a cargo do Comando do Exército.

A iniciativa vem em cumprimento à Resolução 134/11, do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e São Paulo sai na dianteira ao dar solução a um grave problema que ameaça toda a sociedade.

Armazenadas nos fóruns, que não tem espaço nem mesmo para os processos, estas armas se tornaram alvo fácil de quadrilhas interessadas em aumentar seu poderio bélico. Com o envio das armas às unidades da PM, a iniciativa tende a desestimular as ações das quadrilhas.

Agiram com acerto o Judiciário e o Executivo paulista ao definirem essa nova postura em relação ao armamento, restando, em tese, a expectativa de que efetivamente estas armas não mais retornarão às mãos criminosas.

A mesma presteza deve se esperar também de todos os organismos que compõem o sistema de apuração penal, para que os processos sejam concluídos em prazos razoáveis, contando com os laudos e perícias necessárias. E assim possibilitar que as armas apreendidas não tenham mais qualquer serventia aos processos e possam ser destruídas.