Jornal Espaço Aberto

Página Inicial

Informe-se » Eleições

Oficializada base aliada à pré-candidatura de Sérgio Aquino

Voltar para listagem de Eleição Inserida em: 13/02/2012

Manifesto assinado na quinta-feira (09), durante entrevista coletiva de imprensa, na sede do PMDB, na Vila Mathias, oficializou a base de apoio ao pré-candidato a prefeito pelo PMDB, Sérgio Aquino, sucessor do prefeito Papa. A coligação é formada por oito partidos: PPL, PDT, PSD, PC do B, PV, PMN e PRP, além do PMDB. A cerimônia contou com a presença dos presidentes de todas as legendas.

O presidente do PMDB Santos, Sidney Costa Gaspar, ressaltou a representatividade do grupo formado e lembrou que cada partido discutiu intensamente com as suas bases antes de tomar a decisão. “Democracia se faz com partidos fortes e atuantes, partidos nos quais a população se reconhece e sabe o que esperar deles. Esta é uma aliança para discutir projetos para a cidade e não de distribuição de cargos. Numa cidade politizada como a nossa, essa transparência é essencial, por isso nos antecipamos”, disse Gaspar, acrescentando ainda a possibilidade de outras agremiações se juntarem ao grupo.

Guilherme Cruz Costa, presidente do PPL,  e um dos articuladores da coligação, ressaltou o modelo de gestão adotado pelo Prefeito Papa. “Os partidos tomaram a decisão baseados na credibilidade e no reconhecimento da população à administração do prefeito Papa, na sua competência, seriedade e retidão com as coisas públicas”.

O presidente do PC do B, Marcos Sérgio Duarte, o Marquito, declarou que a decisão do partido foi unânime. “Nossa decisão tem uma coerência política, já que formamos a base de apoio do governo Papa nos últimos sete anos. Também vem de encontro às nossas expectativas em relação às políticas públicas desenvolvidas na cidade de Santos”, justificou.

Mário Bernardino, presidente do PV, falou da importância do compromisso firmado. “Um dos pilares da democracia é o poder local dos seus partidos, que têm o direito da livre associação”, lembrou. Já o presidente do PDT, Valdir de Souza Pestana, fez questão de destacar a influência do partido no meio sindical. “O PDT envolve mais de 20 sindicatos e vamos mobilizá-los nesse projeto, porque temos a consciência que a cidade progrediu bastante e que ainda há muito para ser feito”, destacou.

Os avanços alcançados na administração peemedebista também foram elencados pelo presidente do PSD, Roberto Caro Varella. “Papa conseguiu mudar a cara de Santos nestes sete anos. Por isso, vamos pra luta e com certeza chegaremos lá”, profetizou. O presidente do PMN, Waldemir de Almeida, falou da possibilidade da criação de uma secretaria de Habitação, que considera importante, e o presidente do PRP, Manoel Monteiro, disse que ‘é um orgulho fazer parte da base aliada do candidato apoiado pelo prefeito Papa’.

(Fonte: Assessoria PMDB/Santos)