Jornal Espaço Aberto

Página Inicial

Informe-se » Eleições

Baixada Santista não altera representatividade em Brasília

Voltar para listagem de Eleição Inserida em: 07/10/2014

Baixada Santista não altera representatividade em Brasília

A  Baixada Santista elegeu apenas três deputados federais, mesmo número de candidatos eleitos no pleito anterior. Os eleitos: João Paulo Tavares Papa (PSDB), Beto Mansur (PRB) e Marcelo Squassoni (PRB).

 Dos três deputados federais atuais, eleitos em 2010, apenas Beto Mansur foi reeleito. Os outros: Marcio França (PSB) foi eleito vice-governador na chapa de Geraldo Alckmin que foi reconduzido ao governo de São Paulo e Protógenes Queiroz (PCdoB) não se reelegeu. Atualmente na Câmara dos Deputados, Maria Lúcia Prandi (PT) que assumiu a vaga de Ricardo Berzoini, que foi guinado à chefia do Ministério das Relações Internacionais, também não consegui se eleger.

Os deputados federais eleitos:

Mansur  - Beto Mansur (PRB), foi vereador e prefeito de Santos (1997-2004),  deputado federal eleito cinco vezes, foi reeleito para a Câmara dos Deputados com 31.301 votos, um das mais baixas votações nas cinco eleições para o Congresso. Mesmo assim, Mansur  é o sexto mais votado do partido que obteve oito cadeiras para o próximo mandato.

Squassoni - Marcelo Squassoni (PRB), presidente da Câmara Municipal de Guarujá, , foi eleito deputado federal com mais de 30 mil votos. Squassoni  já definiu a saúde, como sua prioridade no Congresso, afirmando que vai buscar investimentos para a saúde de Guarujá se tornar referência nacional.

Papa - João Paulo Tavares Papa (PSDB), ex- prefeito de Santos, entre 2005 e 2012, foi eleito deputado federal com 117.460 votos. Ele foi o 38º candidato mais votado do Estado de São Paulo, e o 18º da coligação PSDB-DEM-PPS. É a primeira vez que ele ocupará uma cadeira na Câmara Federal. Segundo Papa, vai aproveitar os meses que o separa da posse em Brasília para se preparar para a nova função pública.

Confira a lista dos deputados federais eleitos por São Paulo. Os eleitos pela Baixada Santista em negrito. (Foto/Divulgação)

CELSO RUSSOMANO (PRB) – 1.524.361 (7,26%)
TIRIRICA (PR) - 1.016.796 (4,84%)
PASTOR MARCO FELICIANO (PSC) – 398087 (1,90%)
BRUNO COVAS (PSDB) – 352.708 (1,68%)
RODRIGO GARCIA (DEM) – 336151 (1,60%)
CARLOS SAMPAIO (PSDB) - 295.623 (1,41%)
DUARTE NOGUEIRA (PSDB) – 254.051 (1,21%)
RICARDO TRIPOLI (PSDB) – 233.806 (1,11%)
SAMUEL MOREIRA (PSDB) – 227.210 (1,08%)
PAULINHO DA FORÇA (SD) – 227.186 (1,08%)
BALEIA ROSSI (PMDB) – 208.352 (0,99%)
EDUARDO CURY (PSDB) – 185.638 (0,88%)
MARCIO ALVINO (PR) – 179.950 (0,86%)
MAJOR OLIMPIO GOMES (PDT) – 179.196 (0,85%)
JORGE TADEU (DEM) – 178.771 (0,85%)
BRUNA FURLAN (PSDB) – 178.606 (0,85%)
LUIZA ERUNDINA (PSB) – 177.279 (0,84%)
VITOR LIPPI (PSDB) – 176.153 (0,84%)
SILVIO TORRES (PSDB) – 175.310 (0,83%)
ANDRES SANCHEZ (PT) – 169.834 (0,81%)
IVAN VALENTE (PSOL) - 168.928 (0,80%)
MIGUEL HADDAD (PSDB) – 168.278 (0,80%)
ALEX MANENTE (PPS) – 164.760 (0,78%)
JEFFERSON CAMPOS (PSD) – 161.790 (0,77%)
GUILHERME MUSSI (PP) – 156.297 (0,74%)
ARNALDO JARDIM (PPS) - 155.278 (0,74%)
MARA GABRILLI (PSDB) – 155.143 (0,74%)
MISSIONÁRIO JOSÉ OLÍMPIO (PP) - 154.597 (0,74%)
VANDERLEI MACRIS (PSDB) – 148.449 (0,74%)
ZARATTINI (PT) - 138.286 (0,66%)
ANTONIO BULHÕES (PRB) – 137.939 (0,66%)
ARLINDO CHINAGLIA (PT) – 135.772 (0,65%)
ELI CORRÊA FILHO (DEM) – 134.138 (0,64%)
ROBERTO ALVES (PRB) – 130.516 (0,62%)
ANA PERUGINI (PT) – 121.681 (0,58%)
GILBERTO NASCIMENTO (PSC) – 120.044 (0,57%)
VICENTE CÂNDIDO (PT) – 117.652 (0,56%)
JOÃO PAULO TAVARES PAPA (PSDB) – 117.590 (0,56%)
MILTON MONTI (PR) – 115.942 (0,55%)
FLORIANO PESARO (PSDB) – 113.949 (0,54%)
RICARDO IZAR (PSD) – 113.547 (0,54%)
ARNALDO FARIA DE SÁ (PTB) – 112.940 (0,54%)
EDINHO ARAUJO (PMDB) – 112.780 (0,54%)
NELSON MARQUEZELLI (PTB) – 112.711 (0,54%)
PAULO TEIXEIRA (PT) – 111.301 (0,53%)
PAULO FREIRE (PR) – 111.300 (0,53%)
ALEXANDRE LEITE (DEM) 109.708 – (0,52%)
EVANDRO GUSSI (PV) - 109.591(0,52%)
LUIZ LAURO FILHO (PSB) – 105.247 (0,50%)
OTA (PSB) – 102.963 (0,49%)
NILTO TATTO (PT) – 101.196 (0,48%)
HERCULANO PASSOS (PSD) – 92.583 (0,44%)
GOULART (PSD) – 92.546 (0,44%)
ORLANDO SILVA (PC DO B) – 90.641 (0,43%)
FLAVINHO (PSB) – 90.437 (0,43%)
VICENTINHO (PT) – 89.001 (0,42%)
WALTER IHOSHI (PSD) – 88.070 (0,42%)
RENATA ABREU (PTN) – 86.647 (0,41%)
VALMIR PRASCIDELLI (PT) – 84.419 (0,40%)
JOSÉ MENTOR (PT) – 82.368 (0,39%)
EDUARDO BOLSONARO (PSC) – 82.224 (0,39%)
VINICIUS CARVALHO (PRB) – 80.643 (0,38%)
ROBERTO DE LUCENA (PV) – 67.191 (0,32%)
DR SINVAL MALHEIROS (PV) – 59.362 (0,28%)
CAPITÃO AUGUSTO (PR) - 46.905 (0,22%)
SERGIO REIS (PRB) - 45.330 (0,22%)
MIGUEL LOMBARDI (PR) - 32.080 (0,15%)
BETO MANSUR (PRB) - 31.301 (0,15%)
MARCELO SQUASONI (PRB) - 30.315 (0,14%)
FAUSTO PINATO (PRB) - 22.097 (0,11%)