Jornal Espaço Aberto

Página Inicial

Notícias

Comissão de Saúde aprova requerimento de Telma que convida secretário

Voltar para listagem de notícias Inserida em: 2013-09-11 -00:26

Comissão de Saúde aprova requerimento de Telma que convida secretário

Presidida pela deputada estadual Telma de Souza (PT), a Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp) aprovou, em reunião realizada na terça-feira  (10), requerimento que convida o secretário de Estado da Saúde, David Uip, para prestar esclarecimentos sobre as licitações e contratos firmados com a empresa Siemens.

O documento é assinado em conjunto com os deputados Edinho Silva e Gerson Bittencourt (ambos do PT) e questiona, ainda, consórcios dos quais a Siemens faça ou tenha feito parte, especialmente em relação aos contratos para aquisição e instalação de unidades e equipamentos de mamografia, tomografia computadorizada, radiografia e ressonância magnética para unidades da Secretaria da Saúde, incluindo-se os hospitais universitários e as autarquias.

Mais um - Um segundo convite ao secretário, por parte da Comissão de Saúde, também foi aprovado. Este solicita que David Uip fale aos deputados sobre o Relatório de Gestão dos 1º, 2º e 3º Quadrimestres de 2012 e 1º Quadrimestre de 2013. O convite diz respeito, ainda, ao relatório de avaliação da execução dos contratos de gestão com Organizações Sociais (OSs) referentes ao 2º semestre de 2011 e 1º semestre de 2012. Tal aprovação decorreu de manifestações dos relatores sobre vários processos.

A Comissão de Saúde aprovou, também na tarde de terça-feira, requerimento de autoria da Deputada Beth Sahão (PT), que solicita informações à Secretaria de Estado da Saúde sobre o Programa de Atendimento Prolongado.

Siemens – A empresa alemã que teria lesado os cofres públicos do governo de São Paulo, denunciou e informou que participou de um esquema de corrupção  com outras empresas para vender trens e prestar serviços para a CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) e o Metrô. Como o governo tem contratos com a empresa para instalação de equipamentos na área da Saúde, a Comissão da Alesp quer detalhes. (Fotos: Divulgação)