Jornal Espaço Aberto

Página Inicial

Notícias

Praia Grande terá reforço policial

Voltar para listagem de notícias Inserida em: 2013-10-18 -18:40

Praia Grande terá reforço policial

Dos 300 homens da Polícia Militar que a Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo enviará para Praia Grande durante a Operação Verão, 80 permanecerão na cidade, passando a fazer parte do efetivo fixo. Essa foi uma das medidas anunciadas pelo titular da pasta estadual, Fernando Grella Vieira, ao prefeito Alberto Mourão (PSDB), nesta sexta-feira (18), em São Paulo, quando respondeu a pauta de propostas que o Município apresentou ao Governo no dia 25 de setembro. 

Segundo Mourão, o reivindicado aumento do efetivo ocorrerá também de forma indireta com a realocação de pessoal que se encontre afastado, a serem substituídos por homens na ativa. “Com os 80 que ficarão na cidade após a Operação Verão – que neste ano ocorrerá de 26 de dezembro a 2 de fevereiro – e, com o remanejamento dos afastados, podemos chegar bem perto dos 172 homens que reivindicamos”, comemorou o prefeito.

Observar critérios de “idade e aptidão” quando do envio de policiais para trabalhar em Praia Grande é outra medida da Secretaria de Segurança e vai ao encontro do pedido do prefeito de renovação do efetivo atual com policiais de menor faixa etária, prontos para atividade operacional, sem restrições de saúde ou disciplinares. A reclamação do prefeito era a de que a cidade acaba sendo escolhida por policiais já próximos da aposentadoria, deixando muitos nas atividades administrativas e restringindo o número dos que vão para as ruas. Ações para “eliminar o absenteísmo” também foram prometidas. 

População - Na vinda do secretário a Praia Grande, em setembro, numa ampla audiência, com vereadores e representantes da comunidade, Mourão expôs a situação, demonstrando a urgente necessidade de medidas que pudessem diminuir de forma efetiva a criminalidade em Praia Grande. “Temos um crescimento populacional acima da média de todas as cidades da região metropolitana da Baixada Santista. São cerca de 12 mil pessoas se mudando a cada ano. Outra característica é a de que não temos mais movimento apenas em feriados e fins de semana prolongados. Os 125 mil imóveis de veraneio ficam ocupados praticamente todo o ano, fazendo com que, na realidade, nossa população seja de 650 mil e não 300 mil pessoas”.

Grella disse ainda que serão “supridos os claros existentes” - vagas não ocupadas pela aposentadoria de policiais. E, no tocante a pedido de viaturas para as polícias Civil e Militar, “serão disponibilizadas, oportunamente.”

Para colocar em prática a chamada Operação Delegada, que permite a policiais trabalharem nas suas folgas, o secretário informou que aguardará lei específica do Município. 

Outra reivindicação atendida é a manutenção da vinda frequente de operações da Rota, como tem ocorrido desde o final de setembro na cidade, medida que aumenta a sensação de segurança para os munícipes.

A integração dos serviços do Centro de Operações da Polícia Militar) com a Central de Monitoramento da Prefeitura, de forma a deixa a Guarda Civil Municipal e agentes de Trânsito mais livres para atender ocorrências não criminais já está sendo estudada.

No ofício que entregou a Mourão, respondendo às solicitações de Praia Grande, o secretário informa também que já determinou providências para que seja celebrado convênio que permitirá atendimento médico na Fundação Casa e no Centro de Detenção Provisória. A medida também resulta em mais homens nas ruas pois diminui as escoltas policiais feitas a cada deslocamento a unidade de saúde dos abrigados e detentos. 

Grella afirmou ainda que também determinou a elaboração de convênio que viabilizará acesso do Município ao Infocrim, registro das ocorrências, cuja análise permite o mapeamento das regiões de maior incidência criminal, como solicitado pelo prefeito. 

Boa vontade – Mourão se disse satisfeito com o encontro, ao qual foi chamado pelo secretário: “Ele demonstrou interesse e boa vontade de atender a tudo, gradualmente, dentro das limitações de sua pasta. Creio que o resultado será bem positivo para a cidade”.( Divulgação/PMPG. Foto: Marcelo Guedes)