Jornal Espaço Aberto

Página Inicial

Notícias

Sabesp utilizará helicóptero em operação inédita em Santos

Voltar para listagem de notícias Inserida em: 2014-02-15 -12:58

Sabesp utilizará helicóptero em operação inédita em Santos

Uma operação inédita será realizada pela Sabesp, durante uma hora, na manhã desta terça-feira (dia 18), no bairro Saboó, em Santos, envolvendo um helicóptero multifuncional, capaz de transportar cinco toneladas de carga externa. A ação provocará a interdição da Av. Martins Fontes entre 6h15 e 6h30.

A aeronave, modelo Kamov – de procedência russa e certificado pela ANAC para operação no Brasil – será utilizada para o içamento de um equipamento para melhoria do sistema de abastecimento de água que atende aos morros santistas. O equipamento, um gerador de energia de quatro toneladas será levado para o Morro do Saboó, para melhoria do fornecimento de água tratada às moradias dos morros Saboó, São Bento, Bufo, Fontana, Penha, Boa Vista, Santa Maria, Pantanal II, Pacheco, Nova Cintra e Vila Progresso.

Interdição - Cerca de 20 pessoas participarão dessa ação, que terá início à 6 horas da manhã, quando o helicóptero sobrevoará a Avenida Martins Fontes a cerca de 40 metros de altura, levando um gerador de energia de 4 toneladas. Para garantir total segurança durante os trabalhos, a CET – Companhia de engenharia de Tráfego manterá agentes para interditar durante poucos minutos (entre às 6h15 e 6h30), o tempo necessário para a aeronave sobrevoar pela principal avenida de acesso à Cidade por meio das rodovias do Sistema Anchieta/Imigrantes.

Investimento - A Sabesp está investindo cerca de R$ 65 mil entre locação e transporte, buscando reforço da distribuição de água ainda neste mês de fevereiro. Durante estes trabalhos não haverá qualquer interferência ao abastecimento das residências que serão beneficiadas.

Outros investimentos – Existe ainda um processo em andamento para liberação de uma área da Prefeitura de Santos, localizada no alto do Morro do Cruzeiro, visando a construção de um novo reservatório de água tratada. O local passa por análises do terreno, como levantamento topográfico. No local já existe um reservatório com capacidade para 2 milhões de litros de água tratada. (Foto: Arquivo/EA)