Jornal Espaço Aberto

Página Inicial

Notícias

Prodesan melhora proposta e evita greve

Voltar para listagem de notícias Inserida em: 2014-07-08 -00:18

Prodesan melhora proposta e evita greve

 

A Prodesan (Progresso e Desenvolvimento de Santos) subiu de 6,5% para 7,5%  a proposta de reajuste nos salários e evitou a greve de seus 1.400 empregados, prevista para esta segunda e terça-feira (7 e 8).

A proposta foi apresentada ao presidente do Sindicato dos Trabalhadores na Construção Civil (Sintracomos), Macaé Marcos Braz de Oliveira, na manhã desta segunda-feira (7).

Imediatamente, ele colocou-a em votação de assembleia, diante da usina de asfalto da empresa na Alemoa, onde foi aceita. A nova proposta prevê correção de 7% na data-base de maio, mais 0,5% em janeiro, sobre o salário de dezembro.

A proposta mantém o vale-refeição de R$ 18 por dia, que já havia sido aprovado pela categoria, mais cesta básica de R$ 90, além de manutenção dos direitos adquiridos.

A passeata que estava prevista para ir da sede da empresa, na esquina das avenidas Ana Costa e Francisco Glicério, até a Praça Mauá, diante da Prefeitura, também foi suspensa.

Isso porque a diretoria do sindicato, presente no local desde as 6h, da manhã, junto com forte aparato policial, não contou com a presença da categoria para a manifestação.

Macaé havia mandado diretores para oito pontos estratégicos da empresa, controlada pela Prefeitura, a fim de conferir a adesão à greve. E verificou que muitos, já sabedores da nova proposta, preferiram trabalhar.

Como outra parte da categoria permaneceu em casa, a presença no ponto marcado para o início da passeata foi pequena, o que levou a diretoria a rumar para a fábrica de asfalto. (Redação: Paulo Passos. Fotos: Vespasiano Rocha)