Jornal Espaço Aberto

Página Inicial

Notícias

IML de Santos é interditado

Voltar para listagem de notícias Inserida em: 2014-07-18 -00:59

IML de Santos é interditado

A Vigilância Sanitária e de Saúde do Trabalhador da Prefeitura de Santos interditou parcialmente nesta quinta-feira (17), o prédio do Instituto Médico Legal (IML) de Santos, órgão vinculado à Secretaria de Segurança Pública do Estado, em razão das péssimas condições de funcionamento que oferecem riscos à saúde pública e à saúde dos funcionários.

Segundo a Prefeitura, a interdição parcial do prédio impede o recebimento de novos cadáveres e a realização de corpo de delito e exames ginecológicos em caso de estupro. Serão efetuados os procedimentos obrigatórios somente nos corpos que já estão no imóvel localizado na Av. Martins Fontes, no Saboó.

Foram interditadas três salas que atendem o Núcleo de Perícias. A decisão, segundo a coordenação da Vigilância Sanitária, impossibilita o recebimento de novos corpos (cadáveres). Somente os corpos que já estão no local, passarão por autópsia. O setor administrativo do órgão continuará funcionando no local.

Dificuldades – Com a interdição, mesmo que parcial do órgão que se encontra em estado lastimável a situação relacionada ao setor se agrava, pois com o fechamento para reforma do IML de Praia Grande, no início do ano, a unidade em Santos passou a realizar o serviço também desse munícipio, além dos demais do Litoral Sul. Para amenizar, se é que isso é possível, as perícias serão realizadas em local provisório (contêiner frigorífico). A reforma em caráter de urgência deve ser iniciada na próxima semana. (Foto: Divulgação)