Jornal Espaço Aberto

Página Inicial

Notícias

Pesar pela morte de Eduardo Campos

Voltar para listagem de notícias Inserida em: 2014-08-14 -02:12

Pesar pela morte de Eduardo Campos

Entre as inúmeras manifestações, destacamos trechos de algumas, entre elas, a da presidente Dilma Rousseff decretou luto oficial de três dias e cancelou todos os compromissos de campanha.

"O Brasil perde uma jovem liderança. Um homem brilhante que poderia galgar os mais altos cargos da política brasileira. Hoje o Brasil está de luto e sentido. Sem dúvida é um momento de pesar. Nós, seres humanos, fomos hoje afetados pela fragilidade da vida, mas fortalecidos pelo poder de influência das pessoas"

Dilma Rousseff - Presidente da República do Brasil

                         ***

“Não há palavras para descrever a tragédia que hoje se abateu sobre a política brasileira. Eduardo Campos era um político de princípios e valores herdados de sua família e levados com dignidade e honra por toda sua trajetória no Parlamento e no Executivo. Assim como todo o país, estou chocado com esse acidente e com as perdas para amigos e familiares.”

Michel Temer, vice-presidente da República

                                                   ***

“Quero pedir a Deus que sustente a Renata, ao Zé, ao João, a Duda, o Pedro, o pequenino Miguel e a todos os familiares e companheiros de Eduardo Campos. Essa é, sem sombra de dúvidas, uma tragédia, que nos impõe uma profunda tristeza. Sei que todos os brasileiros estão compartilhando com cada um de nós. Durante esses dez meses de convivência, aprendi a admirá-lo, a respeitá-lo e a confiar em seus ideais de vida. (…) A imagem que quero guardar dele foi da nossa despedida de ontem. Cheio de alegria, cheio de sonhos, cheio de compromissos. É com esse espírito que peço a Deus que possa sustentar sua família, consolar sua família e também a todos nós”.

Marina Silva, candidata a vice-presidente na chapa de Eduardo Campos

                                  ***

“É um dos momentos mais difíceis da minha vida. Perdi um amigo e um líder. Quero levar minha palavra de solidariedade. É um momento de muita tristeza. Construímos uma amizade firme e de muita solidariedade e cumplicidade. A vida de Eduardo Campos é um exemplo de coragem e de compromisso com Pernambuco e principalmente com os mais pobres. Coincidentemente nesta mesma data também perdemos o seu avô e grande amigo, Miguel Arraes. Acima de tudo, Eduardo Campos lutou em defesa do povo brasileiro e de Pernambuco, principalmente os mais necessitados”

João Lyra Neto, governador de Pernambuco

                                    ***

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin cancelou todos os seus compromissos previstos para a quarta-feira e veio a Santos, onde  lamentou o falecimento do político pernambucano.

“Uma tragédia que entristeceu todo o nosso país. Em nome da população de São Paulo, eu gostaria de transmitir os nossos sentimentos a todos os familiares de todas as pessoas que perderam a vida neste acidente. O Brasil, com Eduardo Campos, infelizmente perdeu uma liderança. E eu perco um amigo” 

 Geraldo Alckmin, governador de São Paulo

                                                                         

                                                                 ***

“O Brasil perde um dos seus mais talentosos políticos, que sempre lutou com idealismo por aquilo em que acreditava. A perda é irreparável e incompreensível. Nesse momento, minha família e eu nos unimos em oração à família de Eduardo, seus amigos e a milhões de brasileiros que, com certeza, partilham a mesma perplexidade e pesar. (…) O acidente que nos levou Eduardo Campos causou perdas irreparáveis a outras seis famílias: meu amigo e ex-colega de Câmara, Pedrinho Valadares, o jornalista Carlos Augusto Leal Filho, o fotógrafo Alexandre Severo Gomes e Silva, o cinegrafista Marcelo de Oliveira Lyra e os pilotos Geraldo Magela Barbosa da Cunha e Marcos Martins. Todos estavam trabalhando e lutando por um Brasil melhor. Minhas orações e solidariedade aos familiares, nessa hora tão difícil.”

Aécio Neves, candidato do PSDB à Presidência da República

                                                                             ***

“Neste momento de dor, minha solidariedade a toda família e amigos do governador Eduardo Campos e da equipe que o acompanhava.

Eduardo, que foi um legítimo defensor da democracia, deixa seu legado. Sua trajetória e sua contribuição para o nosso estado de Pernambuco e para o país já estão registradas nas mais belas páginas da história do Brasil”.

 Edinho Silva - Deputado estadual pelo PT-SP

                                                                            ***

 “Diante dos fatos que arrancaram a vida de Eduardo Campos, de alguns de seus colaboradores e dos pilotos, minha primeira reação é simplesmente emocional: que tragédia. Volto-me para os familiares: não há palavras que amenizem as perdas. Ainda assim, expresso minhas condolências, meus sentimentos de tristeza e de pesar. É uma perda irreparável”

Fernando Henrique Cardoso, ex-presidente da República

                                                                     ***

“Como todos os brasileiros, estou profundamente entristecido com a trágica morte de Eduardo Campos. Um grande amigo e companheiro. Conheci Eduardo através de seu avô, Miguel Arraes, um memorável líder das causas populares de Pernambuco e do Brasil. O país perde um homem público de rara e extraordinária qualidade. Tive a alegria de contar com sua inteligência e dedicação nos anos em que foi nosso ministro de Ciência e Tecnologia.”

 Luíz Lula da Silva ex-presidente da República

                                                                            ***

“É com profundo pesar que lamento a morte tão precoce e trágica do candidato do PSB à presidência da República, Eduardo Campos. Uma tragédia que deixa o Brasil chocado e surpreso. O país sofre a dor coletiva da perda de uma das mais promissoras lideranças da política brasileira. Em nome do Congresso Nacional e em meu próprio envio condolências à família, ao PSB e ao governo do Estado de Pernambuco”

Renan Calheiros, presidente do Senado

                                                                             ***

 “Eu sofro muito neste momento. Era um rapaz de grande valor. Fui muito amigo do avô dele. O Miguel Arraes falava muito do neto, que ele era muito inteligente e capaz. Quando formamos amizade, eu verifiquei a grandeza do Campos. Ele não tinha radicalismo nem ódio nem mágoa. Ele praticamente uniu Pernambuco em torno do nome dele. Campos era um nome que aparecia no cenário político com uma posição nova, independente, era a perspectiva do ano. O Brasil ficou paralisado com a morte dele. No fundo tinha alguns a favor de ‘a’ ou ‘b’, mas todo mundo estava na expectativa de que os rumos do país iam mudar. Com a morte dele, voltamos à estaca zero. Na cabeça de todo mundo há um ponto de interrogação”

 Pedro Simon, senador e apoiador da campanha de Eduardo Campos

                                                                              ***

 “Lamento profundamente o falecimento de Eduardo Campos, O Brasil perde um grande valor em defesa da democracia e da realização de justiça”

Eduardo Suplicy, senador

                                                                         ***

"A nossa solidariedade às vítimas envolvidas nesse acidente aéreo, aos familiares de todas as vítimas desse acidente que ocorreu aqui no município de Santos.

Quero ressaltar que a Prefeitura adotou todas as providências no sentido de prestar atendimento imediato. Nós registramos no local do acidente e no entorno pessoas que tiveram intoxicação e que acabaram sendo feridos pelos estilhaços do acidente. Dez pessoas foram atendidas, seis pessoas na Santa Casa e quatro pessoas no Pronto-Socorro Central da Cidade e apenas um paciente permanece em observação, os demais já foram liberados. Não temos registro, portanto, de vítimas fatais desse acidente, além dos passageiros que estavam na aeronave.

Acionamos todas as forças municipais: Defesa Civil, Samu, Secretaria de Saúde, a nossa estrutura de trânsito fez o isolamento da área. Em um primeiro momento, nós fizemos a evacuação do local e do entorno, em função da suspeita do acidente e, eventualmente, risco de explosão. Nós isolamos a área e esse risco já não ocorre mais. As equipes do Corpo de Bombeiros estão trabalhando no local do acidente e também no entorno.

Agora, a tarefa de apurar o acidente compete à Aeronáutica, que já está adotando as providências e o município está prestando todo apoio nesse sentido, com suas próprias equipes. A questão da identificação dos corpos é uma tarefa da Polícia Científica do Governo do Estado que está trabalhando nesse sentido também.

Eu queria dizer que nós estamos aqui com todas as forças. Já estivemos com o Governo Federal e com o Governo Estadual unindo todas as forças para dar os esclarecimentos e informações para as famílias que merecem toda a nossa atenção.

Quero expressar novamente o nosso pesar e as nossas orações para as famílias nessa tragédia, nesse momento de dor.

 E diante dessa tragédia, nós estamos decretando luto oficial na Cidade pelos próximos 3 dias." 

Paulo Alexandre Barbosa

Prefeito de Santos

                                                           ***

“É com profundo pesar que recebi a notícia do precoce falecimento do ex-governador de Pernambuco, candidato à Presidência da República, Eduardo Campos, sobretudo pela forma trágica e por ter-se dado em nossa cidade, Santos. Exercemos, juntos, três mandatos de deputado federal, entre 1995 e 2004, mas estreitamos relações durante a campanha de seu avô, Miguel Arraes, ao Governo de Pernambuco, em 1998, quando passei uma semana naquele estado, em apoio à candidatura. Também mantivemos estreita relação política no período em que Campos foi ministro da Ciência e Tecnologia do presidente Lula, em 2004. O Brasil perde uma personalidade promissora e com futuro assegurado na cena política nacional. Minhas condolências às famílias do ex-governador e dos demais ocupantes da aeronave acidentada. Em respeito ao acontecido, as atividades de campanha por mim exercidas estão suspensas na data de hoje”.

Telma de Souza
Deputada Estadual (PT-SP)

                                                ***

"Lamento profundamente o acidente aéreo que vitimou o candidato à presidência da República, Eduardo Campos, e mais seis pessoas, e expresso meus sentimentos as famílias. O Brasil perde uma jovem liderança de grande futuro político".

Luis Claudio Bili

Prefeito de São Vicente

                                            ***

 "É com profundo pesar e consternação que lamentamos a tragédia que vitimou o ex-governador Eduardo Campos e também tripulantes e passageiros que estavam no avião que caiu em Santos, na manhã desta quarta-feira. Ex-governador de Pernambuco, ex-ministro do Governo Lula e neto de Miguel Arraes, Eduardo Campos sempre foi uma referência para toda a esquerda e para todos aqueles que atuam na política brasileira.
Ao lado dos demais prefeitos da região, autoridades e empresários, aguardávamos a sua presença na 12ª edição do Santos Export, evento que acontece no Guarujá, onde, na condição de candidato a presidente da República, iria debater propostas e projetos para o principal porto do País. Mesmo muito jovem, por toda a sua trajetória, Eduardo Campos deixa uma história de grande contribuição ao País.
Nesse momento, em nome de toda a população cubatense, quero manifestar minhas orações e minha solidariedade à sua família e a de todas as vítimas desta tragédia."

Marcia Rosa

Prefeita de Cubatão