Jornal Espaço Aberto

Página Inicial

Notícias

Morre ex-provedor da Santa Casa

Voltar para listagem de notícias Inserida em: 2014-09-30 -18:43

Morre ex-provedor da Santa Casa

O ex-provedor da Santa Casa de Santos, Manoel Lourenço das Neves, faleceu nesta terça-feira (30), aos 87 anos, vítima de parada cardiorrespiratória. Ele foi sepultado no Cemitério do Paquetá. Neves foi por 20 anos o provedor da Santa Casa de Misericórdia de Santos, a primeira Santa Casa do Brasil, cumprindo dez mandatos consecutivos e se tornou o provedor com maior número de eleições seguidas na história recente do hospital. Quem foi - Manoel Lourenço das Neves nasceu em Santos, em 1º de dezembro de 1928, formado em Contabilidade em 1946, no Liceu São Paulo, em Santos. Trabalhou como prestador de serviços no ramo de armazenagem e exportação de café durante 47 anos na Companhia União de Armazéns Gerais, onde começou como office boy, passando por todas as funções de escritório: contador, gerente-geral e diretor administrativo, dirigindo oito unidades da empresa. Em 1954, Neves, a pedido da empresa, foi para o estado do Paraná com a mulher e um filho de oito meses de idade. Lá, foi um dos fundadores da cidade Moreira Salles, Participou de clubes de servir, foi conselheiro do Santos Futebol Clube e presidente de honra do Botafogo Atlético Clube, clube amador de Santos. Foi diretor da Associação Comercial de Santos, secretário do Sindicato dos Armazéns Gerais no Estado de São Paulo, presidente do Conselho Administrativo da Caixa Beneficente dos Auxiliares do Comércio Cafeeiro de Santos, fundador e diretor da Associação Nacional dos Armazéns Gerais, em Brasília, conselheiro da Assistência à Infância Gota de Leite, membro do Conselho da Comunidade que compreende atividades na Corregedoria dos Presídios e da Polícia Judiciária de Santos e presidente do Conselho Deliberativo da Casa da Madeira. Classificador de café, Neves colaborou com a Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo, quando da elaboração da Portaria CAT 23/74, que regulamenta até hoje a movimentação de café no Estado de São Paulo. Santa Casa - Manoel Lourenço das Neves foi admitido na Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de Santos em 17 de agosto de 1973. Em 1974, foi nomeado “Mordomo do Mês”, respondendo por uma ala. Das 19h às 24h circulava pelos corredores para garantir o bom funcionamento hospitalar.. Em 27 de janeiro de 1994, tomou posse como Vice-Provedor da Santa Casa e em 4 de maio daquele ano, com a morte do então Provedor Alberto Eduardo Levy, assumiu a Provedoria da Irmandade, cumprindo dez mandatos consecutivos. Neves deixou a provedoria no início deste ano e passou a ser Consultor da Mesa Diretora. (Foto Arquivo/Divulgação) * na foto, Manoel Lourenço das Neves entre o deputado estadual Bruno Covas, na época Secretário de Meio Ambiente do Estado e o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, subindo a escadaria da Santa Casa.