Jornal Espaço Aberto

Página Inicial

Notícias

Thiago Araújo, músico cubatense, na TV Cultura

Voltar para listagem de notícias Inserida em: 2014-11-18 -17:37

Thiago Araújo, músico cubatense, na TV Cultura

Cultura,a partir das 12h deste domingo (23). Ele participará da primeira semifinal do Prelúdio, único programa de calouros de música clássica da TV brasileira, apresentado por Roberta Martinelli. Thiago e outros três músicos disputarão duas vagas para a final do concurso, que ocorrerá no dia 30, e da qual participarão outros dois classificados na segunda semifinal. 
 

Os adversários do músico cubatense neste domingo são o percussionista Carlos dos Santos, de São Paulo, o violista Iberê de Carvalho, de Belo Horizonte e o violinista Guido Santa`Anna, também de São Paulo.
 

Para chegar à semifinal, Thiago Araújo passou por seis eliminatórias, com participação de 24 candidatos. Dos oito semifinalistas, seis foram escolhidos por uma banca de jurados e dois pelo diretor artístico do programa, o renomado maestro Julio Medaglia, entre aqueles que se destacaram na fase eliminatória.


A grande final, dia 30, ocorrerá na sala São Paulo, na Capítal. Os vencedores concorrem a bolsas de estudos na prestigiada Academia Franz Listz, em Budapeste (Bulgária), e Instituto Goethe, Alemanha.  


O  programa Prelúdio une a música erudita ao tradicional formato de shows de calouros. Instrumentistas e cantores com até 28 anos têm a oportunidade de apresentar seu talento como solista de uma orquestra profissional regida por Júlio Medaglia. O programa estreou em 2005 e já premiou sete jovens talentos da música erudita.


Tem prova na sexta - Morando em São Paulo, Thiago conta que está se preparando também para a prova de trompete que fará na sexta-feira (21) na Academia de Música da Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo (OSESP), onde estuda atualmente. Ainda em Cubatão, o músico já havia participado como aluno do programa BEC após ter-se iniciado na música na igreja em que seu pai regia o coral. Ele fez parte também da fanfarra da UME Padre José de Anchieta e da Banda Marcial, além de ter feito apresentações com a Banda Sinfônica.


Seus estudos incluem também passagens pela Universidade Livre de Música e Instituto Baccarelli, chegando a tocar com a Orquestra de Heliópolis.


Além da competição em si, o músico considera uma ótima oportunidade tocar com a Orquestra do programa, formada por músicos do Teatro Municipal de São Paulo, e ainda ser regido pelo maestro Julio Medaglia, um dos mais renomados do país. "Além da premiação, o mais importante é representar a cidade onde nasce no programa", conclui o jovem músico cubatense. (Divulgação/PMC)