Jornal Espaço Aberto

Página Inicial

Notícias

Novas galerias contribuirão para diminuir alagamentos

Voltar para listagem de notícias Inserida em: 2014-12-27 -23:03

Novas galerias contribuirão para diminuir alagamentos

 A Prefeitura de Santos informou que no primeiro trimestre de 2015 está previsto o início da construção de duas galerias, nas avenidas Hugo Maia (Rádio Clube) e Martins Fontes (entrada da Cidade), que ajudarão a melhorar o sistema de drenagem da Zona Noroeste, área que está abaixo do nível do mar e é constantemente atingida por alagamentos. As intervenções fazem parte da 1ª fase das obras de macrodrenagem do Programa Santos Novos Tempos, da Prefeitura, e deverão ser concluídas após 10 meses.

 O investimento total para esta fase é de R$ 137,5 milhões, destinados para a construção de três galerias, cinco estações elevatórias e seis comportas, além da dragagem do Rio Lenheiros, beneficiando diretamente os bairros do Rádio Clube, Castelo e Saboó.

Na Rua Haroldo de Camargo (divisa com São Vicente) está em andamento a implementação de uma galeria fechada, que dará lugar à vala existente. Dos 625 metros previstos da estrutura, 330 metros foram executado e a previsão é que em cinco meses a obra esteja concluída.

 “Estamos priorizando a construção de galerias e canais para atender o que é mais urgente, o escoamento das águas”, explica o coordenador geral da Unidade de Gerenciamento do Programa ‘Santos Novos Tempos’, Márcio Lara. Segundo ele, as novas galerias ajudarão na drenagem das águas da maré alta e de chuvas fracas, mas somente com a instalação das estações elevatórias e comportas é que será solucionada a vazão das águas de chuvas fortes combinadas com as da maré alta, como ocorreu na segunda-feira (22).  (Divulgação; Fotos: Francisco Arrais/PMS)