Jornal Espaço Aberto

Página Inicial

Notícias

Audiência pública debate erosão na Ponta da Praia

Voltar para listagem de notícias Inserida em: 2015-04-06 -12:34

Audiência pública debate erosão na Ponta da Praia

Avaliar a relação entre a dragagem de aprofundamento do canal do Porto de Santos e a perda de sedimentos na Ponta da Praia e na Praia do Góes, são os principais objetivos da audiência pública que será realizada nesta terça-feira (7), às 19h, na Câmara de Santos.

Organizada pelo vereador Sadao Nakai (PSDB), esta é a segunda audiência pública promovida pelo parlamentar com o objetivo de buscar soluções para o processo acelerado de erosão. O primeiro debate ocorreu em outubro de 2013 e na ocasião foi apresentado o resultado do monitoramento contratado pela Codesp para avaliar possíveis impactos da dragagem. O estudo concluiu que o aprofundamento do canal não era, até aquele momento, o fator determinante para o que está ocorrendo.

No entanto, Sadao destaca que o monitoramento apresentado se limitou ao período de 2010-2011 e que após esse período muitas mudanças foram registradas e a erosão continua aumentando. Além da perda da faixa de areia, muretas, escadas de acesso à praia, postes de iluminação e tubulações foram afetados. Por isso o vereador Sadao teme que numa situação de ressaca, os danos na estrutura urbana possam ser ainda mais sérios.

Para a audiência pública desta terça-feira, foram convidados representantes das Prefeituras de Santos e de Guarujá, da Codesp, do Conselho de Autoridade Portuária, do Ministério Público, do Ibama, de universidades e ongs.

O tema é recorrente no Legislativo e a Prefeitura ainda não apresentou estudo aprofundado sobre a situação e solução. Em 2011, o então vereador Braz Antunes Mattos Neto, apresentou requerimento solicitando à Prefeitura informações sobrea erosão, seus efeitos, consequências e soluções. (Divulgação. Foto: Anderson Biancchi/PMS)