Jornal Espaço Aberto

Página Inicial

Notícias

Squassoni defende Porto de Guarujá

Voltar para listagem de notícias Inserida em: 2015-04-16 -00:24

Squassoni defende Porto de Guarujá

Em audiência realizada nesta terça-feira (14), com o o ministro da Secretaria Especial dos Portos (SEP), Edinho Araújo, o deputado federal Marcelo Squassoni (PRB) defendeu a emancipação da margem esquerda do Porto, localizada em Guarujá. O objetivo segundo o parlamentar é  recuperar receitas legitimamente geradas no município de Guarujá.

Acompanhado dos vereadores de Guarujá, Mário Lúcio (PR), Givaldo Feitoza (PSD) e Walter dos Santos (PSB), o deputado Squassoni levou ao ministro a expectativa da cidade que é a criação da marca ‘Porto de Guarujá’, que é segundo ele, “uma forma de reparar uma histórica injustiça com o município. Vizinho a Santos, Guarujá responde pela margem esquerda do Canal do Porto de Santos, que tem menos de 500 metros de largura e serve como fronteira natural entre as duas cidades.

Em sua explanação, o deputado  ressaltou que a marca ‘Porto de Santos’ é mundialmente conhecida por se referir ao maior do gênero na América Latina. Porém, ignora a participação de Guarujá, que divide os ônus de abrigar um porto dessa proporção não consegue captar o bônus que deveria vir na forma de arrecadação de impostos, como o ISS (Imposto Sobre Serviços).

E isso acontece porque grande parte das empresas e fornecedores portuários ignoram o fato de utilizarem do território guarujaense, quando é o caso, assinalando apenas Porto de Santos como o destino ou origem de suas movimentações.

Acordo - Squassoni solicitou à SEP a intermediação de um acordo entre os dois municípios e a autoridade portuária (Codesp) para resolver a questão.

Números – Para exemplificar sua posição, Squassoni relata que o Porto de Santos conta com 65 berços de atracação, sendo 55 em Santos, sendo três deles na Ilha Barnabé e que atualmente, o lado de Guarujá tem 10 atracadouros, mas, como não possui CNPJ, toda a receita gerada pelas empresas instaladas no local é recolhida por Santos. Os vereadores entregou ao ministro

No encontro, os vereadores guarujaenses Mário Lúcio, Givaldo Feitoza e Walter dos Santos entregaram ao ministro Edinho Araújo estudo da consultoria R. Amaral & Associados, que identifica as perdas de receita pelo município nas atividades do Porto der Santos. O estudo foi solicitado pela Câmara Municipal de Guarujá. (Foto: Divulgação)