Jornal Espaço Aberto

Página Inicial

Notícias

Banda Marcial de Cubatão completa 25 anos e reúne ex-integrantes

Voltar para listagem de notícias Inserida em: 2015-04-21 -01:35

Banda Marcial de Cubatão completa 25 anos e reúne ex-integrantes

Completando 25 anos, a Banda Marcial de Cubatão reunirá nesta terça-feira (21), a partir das 12h, no Grêmio dos Servidores Públicos de Cubatão (Av. Joaquim Miguel Couto, 950), os atuais artistas que compõem a equipe e os ex-integrantes. A reunião  fechada para os convidados.

O maestro Alexandre Felipe Gomes, regente do Grupo desde a sua fundação explica o objetivo do encontro: “A ideia é reunir a antiga formação e os atuais músicas da Marcial e promover uma integração entre todos. Quem está desde o início irá matar saudades, relembrar boas histórias e quem chegou há pouco tempo poderá conhecer aqueles que ajudaram o Grupo a fazer história na cidade”.

Com carinho, o maestro lembra que a Banda Marcial surgiu como Fanfarra Municipal e com dois meses de ensaio o grupo, formado por apenas 40 músicos e seis bailarinas da Linha Frente fez sua estreia, conquistando a comunidade e o governo municipal.

Campeãs de vários festivais, em 2001, a Fanfarra Municipal e a Linha de Frente foram incorporadas à Administração Municipal, tornando-se Banda Marcial de Cubatão & Corpo Coreográfico, destacando o município de Cubatão na área musical. O trabalho do grupo tornou-se referência na Região, levando música a teatros, museus, escolas, espaços culturais, parques e outros palcos, fazendo parcerias com corais adultos e jovens, equipes de dança, cantores regionais.

O maestro destaca a importância do trabalho social da Fanfarra e, posteriormente da Marcial, dando oportunidade a centenas de jovens cubatenses de terem uma vivência artística, alicerce para a formação dos instrumentistas. "Muitos músicos que hoje estão em orquestras e bandas sinfônicas Brasil afora começaram conosco, na Fanfarra Municipal. Gente que hoje atua na Orquestra Sinfônica Brasileira, de São Paulo e de Porto Alegre, Orquestra Baccarelli e do Teatro Municipal de São Paulo, Banda dos Fuzileiros Navais do Rio de Janeiro, entre tantas outras. É gratificante ver o progresso desses artistas que iniciaram ainda adolescentes ao nosso lado", relembra. (Foto: Divulgação/PMC)