Jornal Espaço Aberto

Página Inicial

Notícias

Vítimas do incêndio da Vila Telma devem procurar uma unidade de saúde

Voltar para listagem de notícias Inserida em: 2015-06-16 -01:02

Vítimas do incêndio da Vila Telma devem procurar uma unidade de saúde

 

 

Segundo a Prefeitura de Santos, até às 16h desta segunda-feira (15), 102 vítimas do incêndio na Vila Telma ocorrido na última quinta-feira (11), compareceram ao Centro Comunitário São José para a retirada de alimentos, roupas e/ou colchões.

Aqueles que perderam medicamentos, receituário e/ou cartão SUS, a orientação da Administração é a de que devem procurar uma unidade de saúde.  

Para a retirada de alimentos, roupas e/ou colchões, as vítimas são atendidas pelos técnicos do Centro de Referência de Assistência Social (Cras) Rádio Clube, que funciona provisoriamente no Centro da Juventude da Zona Noroeste, à Rua Brigadeiro Faria Lima s/nº. Somente com esse encaminhamento é que o centro comunitário fornece os produtos. No local, uma entrevista com as vítimas é realizada para que a Administração faça um levantamento sobre as necessidades das famílias, que vão desde a retirada de roupas e mantimentos, até a inclusão em programas de transferência de renda.

 A Prefeitura informa que concluirá nos próximos dias o cruzamento de dados das secretarias de Assistência Social, Saúde e Educação com os da Cohab e da Defesa Civil, sobre a situação das famílias atingidas pelo incêndio que queimou mais de 70 moradias.

Mais gente – A Prefeitura informa que 210 famílias foram cadastradas para receber os benefícios. O número é três vezes maior que o de imóveis destruídos, segundo a Defesa Civil. Esta é uma das razões pelas quais é necessário o cruzamento dos dados das vítimas com o cadastro social da prefeitura.

Doações - As doações para as vítimas do incêndio podem ser encaminhadas ao Fundo Social de Solidariedade, na Av. Conselheiro Nébias, 388. Eles precisam de produtos de higiene pessoal, roupa de cama, alimentos, roupas e agasalhos, inclusive para bebês e crianças.

Limpeza - Nesta quarta-feira (16), a Secretaria de Serviços Públicos deu continuidade à limpeza dos escombros. Também cerca a área, visando evitar novas invasões. Os trabalhos são executados por equipe da Regional da Zona Noroeste.

Incêndios anteriores - Este foi o terceiro incêndio ocorrido nos últimos cinco anos na Vila Telma, onde segundo dirigentes da Cohab Santista moram cerca de 400 famílias. O primeiro foi em maio de 2010, que atingiu cerca de 200 moradias e no segundo, em abril de 2014, atingindo cerca de 70 moradias. No mês seguinte (maio) outro incêndio, desta vez nas favelas do Mangue Seco e Butantã, próximo a área, atingindo cerca de 150 moradias.  

A Cohab Santista informa que 80 famílias vítimas do incêndio ocorrido em 2010 foram contempladas com unidades da primeira etapa do Conjunto Caneleira IV, entregue em novembro de 2014. As outras famílias serão atendidas na segunda etapa do conjunto, cuja entrega ainda não tem data.

Auxílio Financeiro – Atualmente, segundo a Administração santista, 342 auxílios financeiros são pagos pela Cohab Santista, no valor de C$ 600,00 cada:

51 famílias recebem auxílio financeiro vítimas do incêndio da Vila Telma de 2010.

67 famílias recebem auxílio financeiro vítimas do incêndio da Vila Telma de 2014.

111 famílias recebem auxílio financeiro vítimas do incêndio do Mangue Seco e Butantã de 2014

E ainda, 113 famílias recebem auxílio financeiro que estavam nas intervenções do programa Santos Novos Tempos.

Cartão SUS - O Cartão SUS pode ser feito em qualquer policlínica. A Secretaria de Saúde (SMS) disponibiliza o Cartão SUS (Sistema Único de Saúde) em qualquer policlínica da Cidade. Interessados devem se dirigir na unidade mais próxima de sua residência, com RG ou certidão de nascimento e comprovante de residência. O documento é emitido na hora. Munícipes que já têm o cartão e precisam atualizar dados, também podem fazê-lo nos locais. (Foto: Eddie Gomes)