Jornal Espaço Aberto

Página Inicial

Notícias

Nos 156 anos da Beneficência, Bispo de Santos cita Papa Francisco

Voltar para listagem de notícias Inserida em: 2015-08-21 -23:49

Nos 156 anos da Beneficência, Bispo de Santos cita Papa Francisco

Citando a encíclica ambiental do Papa Francisco, na manhã desta sexta-feira (21), o Bispo Diocesano de Santos, Dom Tarcísio Scaramussa, durante a celebração da Missa em comemoração ao 156º aniversário de fundação da Sociedade Portuguesa de Beneficência de Santos, falou sobre a responsabilidade do homem como guardião da criação, especialmente no que diz respeito à saúde.

Disse o sacerdote que é preciso um despertar geral para a preservação do meio ambiente que reflete também e principalmente na saúde da humanidade, afetada, entre tantos outros fatores, pela degradação ambiental. Exortou a importância da esperança que concentra os pensamentos daqueles que acreditam na cura de seus males, sejam eles físicos e/ou espirituais, lembrando que esperança e fé caminham lado a lado.

 “Afinal, o que motivou os fundadores da Beneficência Portuguesa há 156 anos a criarem essa casa, se não a esperança de melhorias de condições daqueles que necessitavam de ajuda, senão a esperança e a fé de que estavam no caminho certo? É essa esperança, é essa fé que nos unem hoje, nessa Capela, nesse hospital”, disse o Bispo cumprimentando  a diretoria e aos funcionários da Beneficência pelo trabalho em prol da saúde da população.

Gassa - A Missa em Ação de Graças pelo aniversário da Beneficência, na Capela Santo Antônio, foi seguida pela reinauguração das instalações do Gassa- Grupo de Ação Social (voluntárias da Beneficência Portuguesa), totalmente reformadas. Os diretores da Beneficência, Ademir Pestana (presidente), Renato Luiz Rodrigues Noaves (vice presidente) e Carlos Alberto Limas (tesoureiro), acompanharam a presidente do Gassa, Deusa Adely Pimentel Pereira Batista, no descerramento da placa, de cujo ato, participou também, o Bispo de Santos.

História – A parte final da programação desta manhã foi na Galeria de Arte da Beneficência, onde o Bispo D. Tarcísio deixou sua mensagem no 'Livro de Visitas Especiais', estreado pelo segundo e último imperador do Brasil, D. Pedro II, em 29 de agosto de 1875. Em sua mensagem, o bispo citou novamente a  Laudato Si , a encíclica do Papa Francisco.

Medalha - Na sequência, o presidente da Beneficência Ademir Pestana recebeu a medalha “Albano Pereira Neto”, prêmio criado em 2005. A outorga foi entregue por Alice Pereira Piccirilo, idealizadora da honraria.

Exposição - Na Galeria de Arte, continua a exposição “Um outro olhar sobre a Beneficência” que reúne novos fotógráfos e alunos da professora de fotografia Berenice Kauffman, que funciona de segunda a quinta-feira, das 14h às 17h. (Fotos: Alexandre Neves/SPB)