Jornal Espaço Aberto

Página Inicial

Notícias

Greve na Codesavi a partir de terça-feira (10)

Voltar para listagem de notícias Inserida em: 2015-11-07 -13:16

Greve na Codesavi a partir de terça-feira (10)

Os 1.250 empregados da Companhia de Desenvolvimento de São Vicente (Codesavi), vinculada à Prefeitura, estarão em greve, por tempo indeterminado, a partir das 6h, de terça-feira (10).

Serão paralisados os serviços de varrição de praias, passeios, ruas, avenidas, praças, limpeza de canais, galerias pluviais, recolhimento de entulhos, cata trecos, tapa buracos e reparos em próprios municipais etc.

A suspensão do plano de saúde e odontológico de todos os empregados e dependentes, além do atraso salarial de 300 comissionados em quatro meses, são três dos motivos da greve. A categoria protestará ainda contra o corte do tíquete-alimentação, vale-transporte, suspensão dos depósitos do fundo de garantia (FGTS), de parcelas do empréstimo consignado e liberação do Pis Pasep.

Na assembleia organizada pelo Sindicato dos Trabalhadores na Construção Civil, Montagem e Manutenção Industrial (Sintracomos) que aprovou a greve, foi definido que na terça-feira (10), a concentração dos trabalhadores será na base operacional da Codesavi, mais conhecida por ‘fábrica’, na esquina das avenidas Mascarenhas de Morais e Nações Unidas, na  Vila Margarida.

MTE e MPT - O presidente do sindicato, Macaé Marcos Braz de Oliveira, criticou a direção da empresa de economia mista por não mandar ofício esclarecedor sobre as pendências, para leitura na assembleia.

Na quarta-feira (4), o sindicato denunciou a empresa ao Ministério Público do Trabalho (MPT), por apropriação indébita de descontos feitos em folha de pagamento dos trabalhadores. No mês passado, a mesma denúncia foi realizada à gerência Regional do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), em Santos.

*Na foto de Vespasiano Rocha, assembleia que definiu a paralisação de funcionários da Codesavi a partir de terça-feira.