Jornal Espaço Aberto

Página Inicial

Notícias

Itanhaém inova para facilitar a vida do empreendedor

Voltar para listagem de notícias Inserida em: 2915-11-30 -12:53

  Itanhaém inova para facilitar a vida do empreendedor

A Prefeitura de Itanhaém lança um programa municipal, o Itanhaém Competitiva, que compreende um pacote de ações voltadas para o fortalecimento da economia da Cidade. Entre as novidades anunciadas estão a adoção de um plano de atração de investimentos para o Município, o fomento ao segmento de turismo de negócios e a criação de um grupo de trabalho intersetorial que irá acompanhar o processo de concessão do Aeroporto Estadual Antonio Ribeiro Nogueira Júnior.

Todas as ações são norteadas pelo Plano Diretor do Município, que foi recentemente revisado depois de uma ampla discussão com a sociedade. O documento representa um divisor de águas no Município, formatado para garantir o desenvolvimento sustentável nos próximos 30 anos.

“O programa Itanhaém Competitiva é uma iniciativa inovadora do Governo Municipal que vai facilitar a vida de quem pretende empreender no Município, além de fortalecer a nossa economia e avançar no desenvolvimento econômico sustentável”, sentenciou o prefeito Marco Aurélio Gomes (PSDB).

Para viabilizar as ações do programa, a Prefeitura já trabalha no processo de atualização e adequação da legislação para reduzir a burocracia na aprovação de alvarás e projetos por intermédio do Via Rápida Empresa.

Está sendo executado o Plano de Fomento ao Turismo de Negócios, com a implantação do Centro de Convenções do antigo imóvel do Iate Clube. O novo espaço favorecerá a realização de congressos regionais, garantindo um fluxo maior de visitantes na Cidade.

Aeroporto – O prefeito Marco Aurélio Gomes determinou a criação de um grupo de trabalho para acompanhar o processo de concessão do Aeroporto Estadual Antonio Ribeiro Nogueira Júnior. O aeródromo é hoje apontado como um vetor de desenvolvimento socioeconômico e passou a ser utilizado pela Petrobras como base estratégica para operações aéreas até as plataformas marítimas.(Divulgação)