Jornal Espaço Aberto

Página Inicial

Notícias

Prefeitura apresenta as instalações da UPA Central à imprensa

Voltar para listagem de notícias Inserida em: 2016-01-13 -23:28

Prefeitura apresenta as instalações da UPA Central à imprensa

O prefeito santista Paulo Alexandre Barbosa (PSDB) convidou a imprensa, para nesta quinta-feira (14), às 11h30, conhecer a Unidade de Pronto Atendimento Central (UPA Central), que será inaugurada oficialmente na sexta (15), às 10h, na Rua Joaquim Távora, 260. O atendimento à população será a partir de sábado (16).

A UPA Central é a primeira de urgência e emergência a funcionar totalmente sob o novo sistema, em fase de implementação, que possibilitará o acesso ao histórico clínico individualizado de cada paciente, qualificando e agilizando o atendimento. As equipes que atuarão na unidade completam nesta quinta (13), a capacitação para atuarem com o novo sistema informatizado que integrará dados de todos os serviços e unidades da rede municipal de saúde.

Segundo a Administração, cerca de 200 funcionários, entre servidores e profissionais da Fundação do ABC passam, por, além da capacitação do novo sistema de informatização, treinamento voltado à rotina da UPA, com foco em práticas de parada cardiorrespiratória e coletas de laboratório.

A unidade, localizada na Rua Joaquim Távora, 260, na Vila Mathias, conta com um investimento de R$ 22 milhões. A obra é uma parceria com a Fundação Lusíada, responsável pela aquisição do terreno e construção do imóvel.

Estrutura - A UPA Central, uma parceria da Prefeitura com a Fundação Lusíada deveria ter sido entregue no primeiro semestre do ano passado. O prefeito Paulo Alexandre Barbosa, reiterou inúmeras vezes que não foi colocado na obra um centavo de dinheiro público. A Fundação Lusíada, mantenedora da Faculdade de Medicina de Santos arcou com a aquisição do terreno e construção do imóvel, um investimento de R$ 22 milhões. Cabe à Prefeitura o funcionamento da unidade.

Com 5.340 metros quadrados, o  prédio da UPA possibilitará  ampliar o atendimento em torno de 40% do total de atendimentos realizados hoje no ainda Pronto Socorro Central, ao lado da Santa Casa. A UPA funcionará nos andares  térreo e primeiro. No térreo, ficará a parte ambulatorial, com recepção, capacidade para 70 pessoas e 19 salas (consultórios médicos e odontológicos, salas de sutura, ortopedia, gesso, raio-X, coleta e curativo). No térreo também funcionarão os setores de emergência, isolamento e os leitos (masculinos, femininos e pediátricos) para observação dos pacientes. No primeiro andar estará a parte administrativa, com repouso dos médicos, banheiros e vestiários..

Segundo informações o Pronto Socorro Central, ao lado da Santa Casa, funcionará como unidade de internação ampliando o número de leitos SUS, até a inauguração do Hospital dos Estivadores. Posteriormente, o prédio deve ser devolvido a Santa Casa de Misericórdia.

Trânsito - A CET-Santos instalará novo semáforo no cruzamento das ruas Joaquim Távora e São Paulo, para organizar o trânsito do trecho que deverá receber maior quantidade de veículos devido ao novo equipamento de saúde. O conjunto semafórico será ligado na manhã desta quinta-feira (14).

(Fotos: Divulgação/PMS)