Jornal Espaço Aberto

Página Inicial

Notícias

Santos entrega a primeira UPA central

Voltar para listagem de notícias Inserida em: 2016-01-17 -18:16

Santos entrega a primeira UPA central

A UPA Central inaugurada na sexta-feira, é a primeira de três que a prefeitura de Santos promete marcar uma nova forma de atendimento de urgência e emergência na cidade.

A solenidade de entrega do prédio na Rua Joaquim Távora, 260, abriu oficialmente as comemorações pelos 470 anos da Cidade a serem comemorados no próximo dia 26.  

No ato, o ministro da Saúde, Marcelo Castro, disse que a unidade é um exemplo de como a saúde pública brasileira deve funcionar. “O Sistema Único de Saúde (SUS) foi concebido exatamente com essa lógica, com a sinergia e a integração entre poder público federal, estadual e municipal. É o que vemos aqui”.

O ministro ressaltou a participação da Fundação Lusíada, que investiu R$ 22 milhões na construção da unidade. “A sociedade santista, por meio da Fundação Lusíada, deu esse presente para o poder público municipal administrar. Metade das despesas serão pagas pelo Governo Federal, 25% pelo Estado e 25% pelo Município. E o que estiver ao alcance do ministério faremos todo esforço na liberação de recursos necessários para qualificarmos cada vez mais a saúde em Santos”.

O prefeito Paulo Alexandre (PSDB) relembrou que a construção da UPA Central foi uma parceria inédita entre a Administração Municipal e a Fundação Lusíada: “Trata-se da maior parceria feita na Saúde nos últimos anos, com a construção totalmente investida pela Fundação, sem custo ao Município, possibilitando um equipamento de ponta e uma estrutura jamais vista. Teremos serviços que não tinham no PS Central, como pediatria, e um investimento grande em tecnologia para um atendimento ágil e eficiente”, afirmou Barbosa, destacando ainda o novo modelo de gestão em parceria com a organização social Fundação do ABC.

Outras unidades –Santos ganhará mais duas UPAs, uma na Zona Noroeste , a ser entregue no final do ano, e outra na Zona Leste, com obras a começar neste primeiro semestre, além de 11 novos prédios de policlínicas. secretário de Estado da Saúde em exercício, Wilson Pollara; e os presidentes da Fundação Lusíadas, Nelson Teixeira, e da Fundação do ABC, Marco Antonio Santos Silva.

Após a inauguração da UPA o ministro da Saúde, Marcelo Castro e o prefeito Paulo Alexandre visitaram as obras do Complexo Hospitalar dos Estivadores, em fase final de obras na Av. Conselheiro Nébias, 401.

A inauguração contou com a presença de autoridades municipais, estaduais e federais entre elas, o secretário de Estado da Saúde em exercício, Wilson Pollara; e os presidentes da Fundação Lusíadas, Nelson Teixeira, e da Fundação do ABC, Marco Antonio Santos Silva. O atendimento ao público teve início ontem, sábado (16)

Na calçada em frente à UPA, a oposição se manifestou através de cartazes, criticando a a entrega da administração da UPA à Fundação ABC.

(Foto: Isabela Carrari/PMS)

*mais informações sobre a UPA Central acesse a matéria: “Prefeitura apresenta as instalações da UPA Central à imprensa” publicada no último dia 13 neste site.