Jornal Espaço Aberto

Página Inicial

Notícias

Vereadores da região cobram ações da Secretaria de Segurança Pública

Voltar para listagem de notícias Inserida em: 2016-03-02 -14:14

Vereadores da região cobram ações da Secretaria de Segurança Pública

Uma comitiva formada por vereadores das nove cidades da Baixada Santista esteve reunida, na manhã desta terça-feira (1), em São Paulo, com o secretário de Estado da Segurança Pública, Alexandre de Moares. Na pauta do encontro, a necessidade de reforço no policiamento da região - que atualmente vive um déficit de cerca de 400 policiais militares.
 
"Viemos cobrar do governo estadual a reposição dos quadros que estão vagos na corporação. Isso é fundamental para que a sensação de segurança transmitida à população na Operação Verão se mantenha o ano todo", disse o presidente da Câmara Municipal de Guarujá, Ronald Nicolaci Fincatti - que também integrou a comitiva.
 
Entre os principais argumentos sustentados por ele, assim como pelos demais vereadores, a constante migração sazonal de cidadãos de outras regiões, nos feriados e finais de semana, o que representa 30% do período de um ano. "Trata-se de um fator agravante e que reforça a necessidade de uma providência imediata", enfatiza ele, convencido de que o ideal seria não apenas repor o efetivo, mas ampliá-lo.
 
O mesmo, segundo Nicolaci, vale para as ações de policiamento, como a Operação Saturação, os bloqueios, mandados de prisão e demais iniciativas do gênero. "Elas não podem parar. Defendo, inclusive, que a tropa de choque preste apoio às ações que são realizadas nos finais de semana e feriados prolongados"
 
DEMANDAS DE GUARUJÁ
 
Nicolaci também aproveitou a ocasião para questionar o secretário em relação a temas específicos de Guarujá, como a falta de estrutura verificada na Delegacia da Mulher, de Vicente de Carvalho, a quem solicitou providências. Outro tema abordado pelo presidente da Câra de Guarujá foi a possíbilidade de instalação de uma nova Companhia da Polícia Militar para atender especificamente a região de Morrinhos (que também inclui Vila Zilda, Vila Edna e arredores)."É uma região que tem crescido muito e consequentemente demanda uma ação mais presente em termos de policiamento".
 
COMPROMISSOS
 
O secretário, por sua vez, mostrou-se solicito às reivindicações dos vereadores e assinalou a possibilidade de firmar parcerias com os municípios. ?Os vereadores são as pessoas que estão mais próximas da população e por isso, foi importante recebê-los e ouvir, por intermédio deles, o clamor da comunidade. Trouxeram grandes ideias, que podemos implementar. A união do Estado com os Municípios é a marca deste governo. Esta parceria é muito importante?.
 
Alexandre de Moraes também prometeu mais policiais para a Região, a partir de maio. "Estamos verificando o aumento do efetivo fixo para estas cidades. Obviamente, é entendível que, após o término desta operação, não é possível que todos os policiais fiquem na Região, pois temos que redistribuí-los no Estado como um todo. Mas, em maio, serão formados 2 mil novos policiais e parte deles deve ser enviada à Baixada Santista?.
 
Crédito: Assessoria de Imprensa / CMG