Jornal Espaço Aberto

Página Inicial

Notícias

Praia Grande intensifica fiscalização na destinação de resíduos

Voltar para listagem de notícias Inserida em: 2016-07-01 -21:11

Praia Grande intensifica fiscalização na destinação de resíduos

A fiscalização do transporte e destinação final dos Resíduos da Construção
Civil (RCC) em Praia Grande está sendo aprimorada e para intensificar a fiscalização, uma parceria entre as secretarias de Meio Ambiente (Sema) e Assuntos de Segurança Pública (Seasp) proporciona, a partir desta sexta-feira (1º), a integração da equipe de Fiscalização RCC com o Pelotão Ambiental da Guarda Civil Municipal (GCM).

Durante a semana, foi realizada capacitação ministrada pela equipe de Fiscalização de RCC da Sema aos guardas do Pelotão Ambiental. Legislações pertinentes e suas sanções, operacionalização do sistema Coletas Online, que é responsável pelo rastreamento dos RCC, emissão de notificações das caçambas, pesquisas de placas dos veículos transportadores e outras ações fiscais, foram informações passadas aos participantes.

Secretário de Meio Ambiente, Israel Lucas Evangelista, explica que o objetivo da parceria é intensificar a fiscalização da acomodação, transporte e destinação final dos RCC depositados em caçambas estacionárias dispostas nas vias e obras de todo o Município, além de fiscalizar as condições de preservação e postura desses equipamentos, como a pintura, estacionamento, volume e tipos de resíduos.

 “Com essa parceria alcançamos um objetivo há muito tempo esperado, o de unificar as ações fiscalizatórias dos RCC junto a GCM Ambiental. Esperamos otimizar a fiscalização melhorando consideravelmente os resultados”.

Segundo o responsável pela fiscalização de RCC da Sema, Luciano de Mola,
esta iniciativa ocorre em virtude do bom resultado obtido na fiscalização
do transporte dos RCC efetuados caminhões flagrados com irregularidades
pela guarda ambiental. “Com esta integração será possível alcançarmos 100%
de fiscalização das caçambas dispostas nas vias e obras do Município, pois
o pelotão Ambiental trabalha em regime de escala operacional, alcançando
um período bem maior de fiscalização”.

Atualmente, estão cadastrados no sistema de gestão de RCC da Sema 115
transportadores aptas a trabalharem no Município. (Foto: Divulgação)