Jornal Espaço Aberto

Página Inicial

Notícias

PG - Câmeras de monitoramento flagram crime ambiental no Portinho

Voltar para listagem de notícias Inserida em: 2016-10-18 -01:40

PG - Câmeras de monitoramento flagram crime ambiental no Portinho

As câmeras de monitoramento da Prefeitura de Praia Grande flagraram o momento em que um homem de 24 anos capturava pássaros da fauna silvestre na Área de Lazer Ézio Dall’Acqua, conhecida como Portinho, na entrada da Cidade. O crime aconteceu nesta segunda-feira (17). Viaturas do Grupamento Ambiental da Guarda Civil Municipal foram ao local e conseguiram deter o acusado, que vai responder por crime ambiental e deve pagar multa de R$ 2.000,00.

A movimentação do suspeito na região de mata chamou a atenção do serviço de videomonitoramento. Ele utilizava armadilhas para capturar aves que seriam comercializadas. Ao notar a presença da viatura, o homem que afirmou ser morador do Bairro Japuí, em São Vicente, tentou se livrar dos objetos, mas os guardas municipais já sabiam do que se tratava. O homem disse que iria vender as aves. Dois passarinhos da espécie conhecida como Coleirinha estavam em gaiolas, mas já foram soltos.

De acordo com o Inspetor do Grupamento Ambiental da GCM, Fábio Rogério Marques, a captura e a comercialização desses pássaros é proibida por lei. “Apesar de não estarem ameaçadas de extinção, esses pássaros têm um papel muito importante para o ecossistema. Por atuar na dispersão de sementes, essa espécie é uma das aves responsáveis pela manutenção da Mata Atlântica”.

O caçador ilegal responderá em liberdade e deverá pagar multa de até R$
1.000,00 por animal apreendido com ele.

Denúncia – A população pode denunciar a caça de animais e aves à Guarda Civil Municipal ligando para o telefone 153 ou 199.

Câmeras - Integrante do Cicoe-PG, a Central de Vídeo Monitoramento de  Praia Grande foi criada em 2002 e além de pioneira, é referência para diversas cidades, estados e até países. Atualmente com mais de 1.500 câmeras distribuídas em pontos estratégicos do Município, os equipamentos são operados, em sua maioria, por Guardas Civis Municipais, que fazem integração com as policias Militar, Civil, secretarias de Trânsito e Transporte (Setransp) e Planejamento (Seplan). Divulgação/Foto/Jairo Marques/PMPG)