Jornal Espaço Aberto

Página Inicial

Notícias

Mulheres acima de 40 podem fazer mamografia durante todo ano

Voltar para listagem de notícias Inserida em: 2016-10-27 -21:21

Mulheres acima de 40 podem fazer mamografia durante todo ano


 

Importante exame para o diagnóstico precoce do câncer de mama, a mamografia deve ser feita anualmente por mulheres acima de 40 anos, ou antes, se a pessoa tiver histórico familiar da doença. Em Santos, munícipes encontram na rede pública apoio para a realização do exame durante todo o ano, além da campanha Outubro Rosa, movimento que visa chamar a atenção para o tema.

Para o procedimento, a moradora deve se dirigir à policlínica de referência de seu bairro com documento de identidade (RG), comprovante de residência em Santos e cartão SUS. Quem não tem o cartão pode fazê-lo na própria unidade.

Agendamento - Na policlínica, a munícipe agendará consulta, ocasião em que o médico solicitará o exame, se necessário. A própria unidade fará o agendamento nos serviços credenciados pela Secretaria de Saúde (SMS) e também marcará o retorno com o médico. O resultado é encaminhado à unidade e, se positivo, a paciente é convocada imediatamente.

Mulheres com resultado positivo da doença são encaminhadas ao Instituto da Mulher e Gestante, onde recebem assistência com equipe multidisciplinar e encaminhamento a hospitais para tratamento.

Homens – Homens também podem ter câncer de mama e precisam passar por exame periódico se tiverem histórico familiar. Embora seja mais frequente em mulheres, o câncer de mama também pode afetar os homens, pois desenvolve-se em células que também estão presentes nos mamilos masculinos. Ele é mais comum em homens com idades entre os 50 e 65 anos, assim como em homens que tenham casos de câncer de mama na família.

Os sintomas e o tratamento são semelhantes ao câncer de mama nas mulheres e, por isso, há maiores chances de cura quando o câncer é descoberto precocemente.

Os sintomas do câncer da mama masculino incluem:

  • Nódulo indolor que pode provocar coceira;
  • Ferida que não cicatriza;
  • Pele enrugada ou ondulada;
  • Saída de sangue ou líquido pelo mamilo;
  • Mamilo virado para dentro;
  • Vermelhidão ou descamação da pele da mama ou mamilo;
  • Alterações do volume da mama;
  • Inchaço das ínguas na axila.

A maior parte dos casos de câncer de mama não apresentam sintomas fáceis de identificar e, por isso, homens com casos de câncer de mama na família deve alertar o clínico geral para fazer exames regulares após os 50 anos para diagnosticar alterações que possam indicar câncer. (Divulgação)