Jornal Espaço Aberto

Página Inicial

Notícias

Brasil conquista a medalha de prata no Canadá

Voltar para listagem de notícias Inserida em: 2016-12-09 -13:03

Brasil conquista a medalha de prata no Canadá

O atleta da Universidade Santa Cecília (Unisanta), Nicholas Santos, foi o grande destaque da primeira medalha do Brasil no Mundial em Piscina Curta de Windsor, no Canadá, na prova de 4x100m medley misto.

Na noite desta quinta-feira, 8/12, o nadador ceciliano fez o melhor tempo da equipe (21s93), formada também por Etiene Medeiros (25s93), Felipe Lima (25s46) e Larissa Oliveira (24s42). Nicholas fez a diferença ao colocar o Brasil, que estava em sexto, na liderança da prova. Com a mesma formação das eliminatórias, quando fizeram o terceiro tempo, na final o arranque do nado borboleta deu aos brasileiros a medalha de prata, que completaram a prova em 1m37s74.

Por pouco não alcançaram o time americano que venceu com 1m37s22 e bateu o recorde da competição, que era do time brasileiro de Doha 2014 (1m37s26). Entre os quatro finalistas da noite, apenas Felipe Lima não estava na equipe do Catar, que teve Felipe França no estilo peito. O pódio foi completado com a equipe japonesa no bronze (1m38s45).

Nicholas avaliou bem o desempenho de toda equipe brasileira. De manhã a gente foi um pouco mais lento e à tarde a gente teve um pouco mais de interação com o grupo e foi bem melhor. Conseguimos a medalha de prata e acho que ainda vem mais medalha pra gente, disse Nicholas.

O atleta da Unisanta brigará por mais uma medalha de ouro nos 50m borboleta, prova em que é especialista, nos dias 9 e 10. Na sexta-feira (9), a etapa classificatória da prova acontecerá às 12h30 e as semifinais às 21h30. No sábado (10), a final será realizada às 21h30. Esta é a sétima participação do nadador em Mundiais de Piscina Curta.

Nicholas conquistou o ouro nos 50m borboleta na edição 2012 em Istambul. Já na edição 2014 em Doha, ficou com a prata e o recorde sul-americano, além de duas medalhas douradas nos revezamentos 4x50m medley e 4x50m medley misto. O nadador também ganhou medalha de prata nos 50m borboleta no Mundial de Piscina Longa de Kazan (Rússia) 2015.

Nas provas desta sexta-feira, o Brasil também tem chances de outros bons resultados, com a Etiene Medeiros, que volta em uma de suas melhores provas, os 50m costas; e Viviane Jungblut nada os 400m livre.

Mundial em Piscina Curta de Windsor - Resultados (Até 8/12 - noite)

Final

2º Etiene Medeiros, Felipe Lima, Nicholas Santos e Larissa Oliveira - 4x100m medley - 1m37s74

4º Felipe França Silva - 100m peito - 57s05

5º Leonardo de Deus - 200m borboleta - 1m52s65

8º Manuella Lyrio - 200m livre - 1m55s51

Semifinal

15ª Larissa Oliveira - 100m livre - 53s67

 

Crédito: Assessoria de Comunicação Unisanta

Fonte e Fotos: Divulgação CBDA