Jornal Espaço Aberto

Página Inicial

Notícias

Cubatão - Bate-papo sobre universo feminino marca semana da mulher

Voltar para listagem de notícias Inserida em: 2017-03-03 -02:37

Cubatão - Bate-papo sobre universo feminino marca semana da mulher

Na Semana Internacional da Mulher, Cubatão quer falar sobre o protagonismo da mulher. O bate-papo intitulado "A Arte na visão feminina" que acontece na segunda-feira, dia 6, às 19h, vai reunir no Bloco Cultural (Praça dos Emancipadores, s/nº), artistas e outras profissionais ligadas à Arte. A entrada é franca.

Participarão do encontro: Carlota Cafiero, jornalista da área cultural; Marilda Canelas que abordará gestão cultural; Mô Amorim que vai falar sobre Cultura na Educação; a ilustradora Nice Lopes e a escritora Vivi Távora. O encontro também contará, claro, com apresentações artísticas, com a presença da clarinetista Suzane Raquel, da Sinfônica de Cubatão, e um quarteto feminino do Coral Zanzalá.

A ideia de realizar essa conversa - abordando de que maneira a mulher hoje está inserida no mercado de trabalho artístico e os desafios dessa pessoa em constante transformação pessoal e profissional - foi dos Grupos Artísticos de Cubatão. "A troca de experiências entre as convidadas e a platéia deve ser o principal nesse encontro. Queremos muito que as mulheres de toda a Região, sejam elas artistas ou não, participem", afirmou

Vanessa Toledo, diretora artística da Cia de Dança, que vai mediar o bate-papo ao lado de Nailse Machado, regente do Coral Zanzalá convida as mulheres da região, sejam elas artistas ou não,  para a troca de experiências.

Os Grupos Artísticos da cidade estão de portas abertas para artistas como a Vanessa Toledo e Nailse Machado. O Coral Raízes da Serra e o Corpo Coreográfico da Marcial tem mulheres em praticamente sua totalidade. Já o Zanzalá (foto) possui mais da metade de seus componentes formada por mulheres, mesma situação da Cia de Dança. Na Banda Sinfônica e Banda Marcial há muitas instrumentistas também, além das monitoras do Programa Banda Escola - BEC.

Além delas, outras mulheres fazem parte da direção das equipes como a regente Sandra Diogo Moço e a coreógrafa Suely Sanches, do Coral Raízes da Serra da Terceira Idade; Alessandra Palucci, coordenadora do Corpo Coreográfico da Banda Marcial; Maria Fernanda Tavares, regente-assistente do Coral Zanzalá; Silvia Maria Silva Santos, produtora da Cia de Dança de Cubatão; além das que compõem a equipe técnica como assessoras culturais, assistentes, assessora de comunicação.

"A ideia principal desse encontro é fomentar uma discussão saudável sobre o papel da mulher nos dias de hoje e como isso tem se evidenciado nas Artes em geral. Queremos muito dividir a nossa experiência com todos", comentou o maestro Roberto Farias, coordenador dos Grupos. O evento tem apoio da Secretaria Municipal de Cultura. (Divulgação)