Jornal Espaço Aberto

Página Inicial

Notícias

Sinfônica de Cubatão e Coral Zanzalá abrem Semana Afonso Schmidt

Voltar para listagem de notícias Inserida em: 2017-06-19 -00:45

Sinfônica de Cubatão e Coral Zanzalá abrem Semana Afonso Schmidt

 Cubatão abre a programação da Semana Afonso Schmidt em grande estilo nesta segunda-feira (19), com apresentação da Banda Sinfônica de Cubatão e Coral Zanzalá. O espetáculo será na Casa das Rosas, na Capital, a partir das 19h (Av. Paulista, 37 - Bela Vista).

Para esta oportunidade, a Sinfônica preparou uma formação bem diferente da original, com 11 músicos, o que é chamado de "ensemble", composto por flautas, oboés, clarinetes, trompas, fagotes e um contrabaixo acústico. O Zanzalá participará com oito cantores, formando um octeto.

O programa traz composições de dois brilhantes cubatenses: poemas de Afonso Schmidt musicados pelo maestro Roberto Farias. Intitulado "Três canções para Schmidt", Roberto criou melodias para as poesias "Cubatão", à qual ele batizou como uma canção seresteira; "Caras sujas", um samba; e "Simpatia", um chorinho.

A última será uma música incidental para acompanhamento de "Conguitos", outra poesia de Schmidt. Criado na década de 1920, o poema apresenta rima e métrica frouxas, e fala das lembranças da infância do poeta em Cubatão, quando ele via os pescadores vendendo conguitos, peixes pequenos como sardinhas, no mercado local:

O maestro Roberto Farias destaca a importância da atividade que celebra a vida e obra do escritor maior da cidade. "É uma grande alegria ter a oportunidade de divulgar Afonso Schmidt. São escritos do século passado, mas extremamente atuais. E a apresentação na Casa das Rosas, um espaço bastante significativo para as letras nos enche de orgulho", disse o maestro, fundador da Banda Sinfônica e atualmente Coordenador Geral dos Grupos Artísticos de Cubatão.

Após a apresentação da Sinfônica e Zanzalá, haverá palestra de Franklin Valverde sobre a obra do escritor cubatense. Estão confirmadas as presenças do filho e netos de Schmidt. A programação da Semana dedicada ao poeta continua em Cubatão até dia 29 de junho, com o 1º Curiango - Festival de Literatura, por meio da Secretaria Municipal de Cultura com oficinas, lançamentos de livros de autores locais, divulgação de obras regionais sobre Schmidt e intercâmbio de artistas.

Casa das Rosas - Foi projetada pelo escritório do arquiteto Ramos de Azevedo em 1930, no final da era da avenida Paulista dos barões do café. Tombada como patrimônio em 1985, foi reaberta em 1995, com a proposta de se tornar um espaço cultural diferenciado, informatizado e dedicado a exposições. Hoje, as atividades são voltadas à leitura e pesquisa. Em 2004, a mansão passou a se chamar "Casa das Rosas - Espaço Haroldo de Campos de Poesia e Literatura”. O acervo de 35 mil volumes da biblioteca do poeta, tradutor e ensaísta Afonso Schmidt agora é de todos os paulistas. (Divulgação PMC)