Jornal Espaço Aberto

Página Inicial

Notícias

Presidente do Condesb busca apoio de vereadores guarujaenses

Voltar para listagem de notícias Inserida em: 2017-06-21 -01:21

Presidente do Condesb busca apoio de vereadores guarujaenses

 O prefeito de Praia Grande e atual presidente do Condesb (Conselho de Desenvolvimento da Região Metropolitana da Baixada Santista), Alberto Mourão, foi recebido nesta terça-feira (20), no Legislativo Municipal, onde participou de reunião com os vereadores Edilson Dias, Juninho Eroso, Joel Agostinho, Fernando Peitola, Raphael Vitiello, Toninho Salgado, Carlos Eduardo Vargas, Bispo Mauro, Luciano Tody e Nequinho.

Na pauta do encontro, os desafios metropolitanos que envolvem o setor de Saúde em toda a região. Na ocasião, Mourão destacou a necessidade de unir esforços para assegurar mais recursos para as cidades da Baixada Santista e convidou os parlamentares para participar de um encontro regional que ocorrerá no próximo dia 29, às 10h, no Palácio das Artes (PDA), para tratar do tema.

Na ocasião, será apresentado um balanço, denominado por ‘Radiografia da Saúde na Região'. O documento servirá para municiar prefeitos, deputados e vereadores nos pleitos aos entes federativos superiores, em busca de mais recursos e soluções metropolitanas para o setor.

Visitas - Mourão tem visitado as câmaras de vários municípios da Baixada desde a semana passada, onde tem exposto as necessidades da área da Saúde e destacado a importância de uma ação conjunta entre os vereadores. 

“Se compararmos com outras regiões metropolitanas do Estado, a Baixada Santista é a que recebe o menor Teto MAC (Média e Alta Complexidade), sendo cerca de R$ 247 milhões anuais para uma população que ultrapassa 1,8 milhão de pessoas. Por isso, destaco mais uma vez a importância da unidade de pensamento de todos os representantes da Baixada, seja pelos prefeitos, vereadores, secretários, profissionais da área e conselhos de saúde, em busca das melhorias necessárias e tão almejadas pelos gestores e população na área de saúde”,
enfatiza.

Para o presidente do Condesb, o processo que está em andamento pode ser considerado como um marco histórico e um divisor de águas para a Baixada Santista. “Os prefeitos entenderam minha proposta de uma pauta enxuta regional e liberaram seus secretários para discutir isso com mais intensidade. Já a DRS percebeu que somos todos parceiros e precisamos enfrentar isso de forma conjunta. Esse não é um problema só do Estado, mas também dos municípios e federal. Nesta etapa será finalizado o trabalho para começar a construção do projeto da conversação política com os entes federativos superiores”, explica.

Dados – Em fase final de formatação, a 'Radiografia da Saúde na Baixada Santista' conta com dados específicos relacionados aos seguintes setores de atendimento: exames médicos, ambulatoriais, cirurgias eletivas, leitos hospitalares nas diversas complexidades, redes de urgência e emergência, Obstetrícia e Oncologia, além das especialidades. (Divulgação/PMPG)

https://ssl.gstatic.com/ui/v1/icons/mail/images/cleardot.gif