Jornal Espaço Aberto

Página Inicial

Notícias

Sinfônica de Cubatão volta à Sala São Paulo

Voltar para listagem de notícias Inserida em: 2017-09-09 -23:05

Sinfônica de Cubatão volta à Sala São Paulo

 Há 10 anos a Banda Sinfônica de Cubatão soava seus metais e madeiras em uma das salas de concerto mais importantes e imponentes do Brasil. E amanhã, domingo (10), o grupo artístico cubatense retorna à Sala São Paulo, no centro da capital paulista, para comemorar 40 anos de existência e boa música. A apresentação, gratuita, tem início às 11h. Os ingressos já podem ser retirados na bilheteria do teatro ou, se houver disponibilidade, uma hora antes do início do espetáculo. A Sala São Paulo fica na Praça Júlio Prestes, 16.

A apresentação faz parte dos Concertos Matinais da Osesp, onde os mais importantes grupos musicais paulistas com bandas, orquestras e cameratas são convidadas a compor a programação matinal da Sala São Paulo, com espetáculos gratuitos e objetivo de formação de público e difusão artístico-musical.

Com regência do maestro Rodrigo Vitta, esta apresentação traz um repertório eclético e refinado, como "Olympica", de Jan Van der Roost; "Sinfonia nº 3", de Alfred Reed, que conta com a participação da harpista Tatiana Henna;"O Grito da Natureza", composição do próprio Vitta, um concerto para violino e banda sinfônica que tem como solista Elina Suris, violinista da Osesp.

O domingo musical encerra-se ao com de "Tributo a Bach", criação de Roberto Farias, maestro notável e compositor com um a extensa lista de trabalhos publicados para formação sinfônica, principalmente fora do País. A presença de uma obra de Farias neste programa não é por acaso. Roberto é o fundador da Banda Sinfônica de Cubatão nos anos 70 - quando ainda era Banda Musical - e atualmente é coordenador geral dos Grupos Artísticos de Cubatão. (Fotos: Divulgação/PMC)