Jornal Espaço Aberto

Página Inicial

Notícias

Ação de sustentabilidade é realizada na Praça Barão do Rio Branco

Voltar para listagem de notícias Inserida em: 2018-06-07 -23:52

Ação de sustentabilidade é realizada na Praça Barão do Rio Branco

  

Móveis feitos com materiais reciclados e objetos confeccionados na hora com pneus chamaram a atenção de quem passava nessa quarta-feira (6), pela Praça Barão do Rio Branco, no Centro de São Vicente. O objetivo era conscientizar a população da fiscalização ambiental, descarte correto e reciclagem de materiais. A ação faz parte da Semana do Meio Ambiente realizada na Cidade.

O fiscal de Meio Ambiente, Márcio Batista, explicou que a reciclagem de materiais descartados pode dar origem a objetos de decoração e móveis. “Aqui é aprova que o lixo pode se transformar em arte”.

As poltronas de pneus recicláveis também tiveram espaço. O estande do projeto realizado no Ecoponto da Área Continental (Av. Ulisses Guimarães, 211) no Jardim Rio Branco) expôs as criações feitas a partir de pneus recolhidos de bicicletas, motos e carros. O idealizador do projeto, Valter Aguiar, explicou como ele foi criado. “A reciclagem dos materiais era necessária. Víamos a grande quantidade de pneus parados e decidimos criar algumas peças que vão desde móveis a objetos de decoração”.

O Ecoponto recebe mensalmente cerca de 300 pneus que são entregues no local ou recolhido pelo Cata-Treco que passa semanalmente em todos os bairros da Cidade.

Pedaços de madeira também viram artigos úteis. As madeiras amontoadas no chão da praça se transformaram em um sofá pelas mãos da equipe do “Ateliê Lixo Inteligente” ao decorrer do dia. “Eu tenho um carinho por este grupo que está presente aqui. Ele é formado por pessoas que estavam em situação vulnerável por problemas com álcool, drogas e problemas financeiros. Atualmente, com a ajuda do projeto eles possuem uma formação”, explica o responsável pelo projeto, Diolindo Souza.

Com apoio da Prefeitura, o curso é realizado durante um ano. O primeiro semestre é dedicado à teoria e os alunos aprendem sobre sustentabilidade, economia solidária e empreendedorismo. Já no segundo semestre,acontecem as aulas práticas para a criação dos móveis com os materiais recicláveis.  O Fundo Social de Solidariedade de São Vicente escolhe 20 alunos em situação de vulnerabilidade social e dessa forma, ajudam não só o meio ambiente, mas também a sociedade.

Além destes projetos, os munícipes também podem colaborar. A fiscalização ambiental da Cidade recebeu até de janeiro até agora, cerca de 300 denúncias. Entre as mais comuns, descarte irregular de lixo irregular e poluição sonora. Quem quiser denunciar pode ligar para o telefone (13) 3569-2213, a pessoa pode se identificar ou não.(Foto/PMSV)