Jornal Espaço Aberto

Página Inicial

Notícias

Dia Estadual do Choro é celebrado no Clube do Choro de Santos

Voltar para listagem de notícias Inserida em: 2018-06-26 -14:24

Dia Estadual do Choro é celebrado no Clube do Choro de Santos

 Para celebrar Dia Estadual do Choro, data que marca o nascimento do instrumentista e compositor Aníbal Augusto Sardinha, o Garoto, expoente do estilo musical, o Clube do Choro de Santos (Rua XV de Novembro, 68, Centro Histórico) realiza sua tradicional Roda de Choro nesta quinta-feira (28), às 20h, e traz como convidado o grupo Choro de Bolso.  Formado pelo violonista e compositor Marcos Canduta e pela flautista Débora Gozzoli,  interpreta obras de Garoto. A entrada é gratuita.

O Dia Estadual do Choro foi instituído pela Lei 13.447/09, apresentada pelo então deputado Paulo Alexandre Barbosa como sugestão do Clube do Choro de Santos. Trata-se de homenagem a Garoto, histórico paulista compositor que deixou sua marca no cenário musical brasileiro.

Nascido em São Paulo, no dia 28 de junho de 1915, o artista é filho de portugueses.  Desde criança manifestou sua habilidade e intimidade com os instrumentos de cordas dedilhadas, como o violão, violão tenor, bandolim, cavaquinho, guitarra havaiana e banjo, instrumento este que lhe rendeu o apelido O Moleque do Banjo no começo da carreira, aos 11 anos de idade.

Gravou com Carmen Miranda, Dorival Caymmi e Ary Barroso, participou de diversos programas de rádio em São Paulo e no Rio de Janeiro, realizou diversas apresentações no Teatro Coliseu Santista e esteve, por algum tempo, nos Estados Unidos, com o Bando da Lua, nos anos 1940.    Mas só conseguiu se firmar na música em 1954, quando, ao lado de Chiquinho do Acordeon, compôs São Paulo Quatrocentão, música com a qual ganhou um concurso da Prefeitura de São Paulo, que queria uma canção para celebrar o IV Centenário da Cidade.

Garoto faleceu no ano seguinte, quando planejava uma excursão à Europa, mas conseguiu sedimentar sua obra através de suas composições de vanguarda, ricas em harmonia, que servem de inspiração a diversos músicos até hoje. Outras informações na página www.facebook.com/clubedochorodesantos.