Jornal Espaço Aberto

Página Inicial

Notícias

Periferia santista em forma de poema

Voltar para listagem de notícias Inserida em: 2019-05-29 -12:40

Periferia santista em forma de poema

 Alunos da escola municipal santista José da Costa e Silva Sobrinho, no bairro Piratininga, lançaram nesta semana, no Teatro Guarany, o livro “Pira VDC: Respeita nóis, que nóis respeita você! Do verso à memória – Antologia Poética”.

“Pira VDC” refere-se ao Slam Pira VDC, sendo Pira alusão à Piratininga e VDC à Vila dos Criadores, locais onde os estudantes residem. A obra mostra a realidade da comunidade, suas lutas diárias, vivências como moradores da periferia santista e faz um registro da beleza e artes das 'quebradas' da Cidade.

O livro feito por cerca de 60 alunos de 6º e 7º anos da unidade, sob orientação da professora Luisa Paula Ferreira de Mendonça. Durante o lançamento, ocorreu a batalha de poemas mensal, sempre realizada na escola, valendo vaga para a final do grupo, que este ano enviará um representante para as disputas do Slam SP.

O Slam é uma competição de poemas falados, que depois recebem notas de jurados, movimento que nasceu na década de 80, nos Estados Unidos, para levar a poesia às ruas, usado como uma das formas de luta contra a opressão.  

Foto: Marcelo Martins