Jornal Espaço Aberto

Página Inicial

Notícias

Agentes caninos Thor e Tyson conquistam, prata e bronze em competição

Voltar para listagem de notícias Inserida em: 2019-10-08 -17:27

Agentes caninos Thor e Tyson conquistam, prata e bronze em competição

Depois de se destacar no Campeonato Estadual de Cães Policiais, o Canil Municipal, guarnição da Guarda Civil Municipal de São Vicente (GCM-SV), voltou a encantar com suas apresentações na disputa do Torneio Nacional de Adestramento e Obediência Canina. Com performances impecáveis, os K9 Thor e Tyson abocanharam, respectivamente, as medalhas de prata e bronze.
 
Mesmo sendo sua primeira prova em nível nacional, a equipe do Canil Municipal Vicentino disputou de igual para igual a competição, que reuniu agentes caninos de várias cidades brasileiras. O torneio nacional foi realizado pela Sobraci (Sociedade Brasileira de Cinofilia).
 
A meta, agora, é seguir se preparando para uma disputa ainda maior. No dia 3 de novembro, os vicentinos disputam o 11º Campeonato de Cães de Polícia das Guardas Municipais do Brasil, que será realizado em Santana do Parnaíba, no interior do Estado de São Paulo.
Na semana passada, a equipe vicentina já havia conquistado o 3º lugar na classificação geral no Estadual, realizado em Itapevi. Nesta disputa, o agente canino Tyson também foi medalha de bronze na disputa da categoria Abordagem Tática Policial K9.
 
Profissional – No Torneio Nacional, Tyson e Thor participaram da categoria profissional, contra cães de várias raças e de adestradores de todo o País. Guiados pelos guardas civis municipais Jorge e Bosco, respectivamente, os K9 de São Vicente subiram no pódio. A equipe vicentina conta com o apoio do adestrador profissional Rômulo Martini Barros.
“Essa foi a primeira competição nesta categoria Nacional que os nossos K9 participaram. E saíram da disputa com um ótimo resultado. Esta competição, assim como o Paulista, foi usada como preparação para o Campeonato Nacional”, comenta o comandante da Guarda Civil Municipal de São Vicente, Marcelo De Paula.
 
Agora, na disputa em Santana do Parnaíba, os amigos de quatro patas de São Vicente vão brigar pelo ouro em três modalidades: Detecção de Entorpecentes, Abordagem Tática e Pista de Agilidade.
Com uma delegação composta por seis dos seus 12 cães, o Canil vicentino terá entre os seus escolhidos para representar o Município, os agentes caninos Chacal e Kira (Detecção de Entorpecentes), Tyson e Thor (Abordagem Tática) e Bradock e Petrus (Pista de Agilidade).
 
Dia a dia – Os cães da GCM-SV recebem treinamento diário, das 7 horas ao meio-dia. Os guardas responsáveis realizam o trabalho interno no Canil. A rotina tem início com a alimentação dos cães e limpeza do local. Do meio-dia às 18 horas e das 19 às 7 horas, são realizados patrulhamentos nas ruas.
Os animais são alimentados com ração de primeira qualidade, na quantidade certa, duas vezes ao dia. Eles recebem também acompanhamento veterinário pelos profissionais do Departamento de Controle de Zoonoses (Dezon) de São Vicente (Rua Catalão, 530 — Vila Voturuá), que fornece vermífugos, banho e tratamento de pragas.
 
No patrulhamento, os companheiros de quatro patas da GCM São Vicente realizam cerca de 150 a 200 abordagens por mês. Ou seja, aproximadamente 2.500 por ano. Além disso, são registradas de duas a três ocorrências por mês, relacionadas a tráfico de entorpecentes, furtos, roubos e porte ilegal de arma.
 
Crédito e Fotos: SEICOM / PMSV